Africano de andebol

01-12-2016 18:10

Campeã Tunísia evita surpresa frente ao Congo

Jogo de muita intensidade onde as guarda-redes estiveram em evidência, ao evitarem golos e com jogadas espetaculares.
Andebol feminino: Tunísia - Congo
Foto: Angop

Andebol feminino: Tunísia - Congo

Por SAPO Desporto c/Angop sapodesporto@sapo.pt

Com muita sorte e determinação, a seleção da Tunísia venceu por apenas um golo, 26-25, a República do Congo na terceira jornada do grupo B do 22º campeonato africano sénior de andebol feminino que decorre no pavilhão Multiusos de Luanda.

Jogo de muita intensidade onde as guarda-redes estiveram em evidência, ao evitarem golos e com jogadas espetaculares, que animaram os escassos adeptos presentes. O equilíbrio foi uma constante, embora as tunisinas sempre conseguissem dois a três golos de vantagem.

Estava-se diante do jogo mais equilibrado da prova até agora, com sete títulos continentais em campo, sendo quatro para as vizinhas de Angola e três para as atuais detentoras do trofeu.

De resto o desfecho comprova isso mesmo com o resultado mais apertado do campeonato.

Com o correr do tempo a intensidade era bem patente na equipa do Congo, sobretudo no segundo tempo.

Nessa etapa, as congolesas conseguiram em quatro ataques marcar igual número de golos, que lhes permitiu chegar ao empate, 17-17, relançando o desafio.

Com uma claque organizada e ruidosa as congolesas obrigaram as campeãs em título a correr mais para irem à busca de um resultado favorável e evitar a surpresa da jornada.

As coisas começaram a ficar fáceis para a Tunísia quando a pivot congolesa Kaelle Itoua foi expulsa por jogo violento. Aí as campeãs iniciaram uma fuga, de quatro golos.

Mas do lado contrário a vontade de vencer continuou e com defesas mais apertadas a guarda-redes da Tunísia, Samira Arafaoui, foi mais feliz ao parar várias jogadas.

Mesmo assim, nos segundos finais, o congo teve a possibilidade de empatar a partida, mas desperdiçou o ataque a 11 segundos do fim.

Conteúdo publicado por Sportinforma