Andebol

29-05-2017 12:35

Sporting só depende de si mesmo para ser campeão

Emblema 'leonino' chega à última jornada do Campeonato a depender apenas de si para ser campeão, com uma ultrapassagem na penúltima ronda ao até então líder FC Porto.
Equipa de andebol do Sporting
Foto: Sporting C. Portugal

Equipa de andebol do Sporting

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Sporting, recente vencedor da Taça Challenge de andebol, entra para a última jornada do Campeonato Nacional a depender apenas de si para ser campeão, com uma ultrapassagem na penúltima ronda ao até então líder FC Porto.

Tal como aconteceu na Taça Challenge, que sucedeu ao detentor do troféu ABC Braga, o Sporting pode também no Nacional receber o testemunho da equipa bracarense, ainda campeã em título, mas sem qualquer hipótese de lutar pela sua renovação.

O FC Porto, que liderou invicto a primeira fase do Nacional, somando recordes de invencibilidade, perdeu a liderança à entrada para a última jornada, com uma derrota por 28-27 em casa do Benfica, terceiro classificado, também já afastado da luta.

O FC Porto apresentou um protesto por alegados erros de arbitragem no encontro com os ‘encarnados’, cuja decisão, de acordo com o esclarecimento da Federação de Andebol de Portugal à agência Lusa, só deverá ser conhecida depois da jornada de quarta-feira.

Os portistas defendem que foi anulado um golo a Alexis Borges, a poucos segundos do fim, que os colocaria a vencer por 28-27 - na sequência da jogada o Benfica chegou à vantagem - e que, posteriormente, Rui Silva foi travado em falta sem que tivesse sido marcado livre de sete metros.

“Por acontecer nos últimos 30 segundos do jogo, e de acordo com as regras, essa falta deveria ter sido punida com expulsão e livre de sete metros. Seria, indiscutivelmente, uma oportunidade soberana para o FC Porto restabelecer o empate de que necessitava, de forma a depender apenas de si próprio para conquistar o campeonato”, referem os ‘dragões’.

O empate manteria o FC Porto na liderança à entrada para a última jornada, em que recebe no Dragão Caixa o Aguas Santas (6.º), e os portistas chegariam ao título desde que fizessem resultado igual ao melhor do que o do Sporting na receção ao Benfica (3.º).

Embora fora da luta, o Benfica – que venceu o FC Porto no Pavilhão n.º 2 da Luz – terá participação decisiva na atribuição do galardão, dado que é o último obstáculo que o Sporting terá que superar, no pavilhão Multiusos de Odivelas, para chegar a um título que lhe escapa desde 2000/01.

Depois de 27 triunfos consecutivos, 26 na primeira fase e um na segunda, o FC Porto somou quatro derrotas nos últimos oito jogos, que deixaram a equipa orientada por Ricardo Costa a um ponto do agora líder Sporting.

A derrocada na fase final do Nacional, com derrotas em casa do ABC (30-28), Madeira SAD (28-24), Sporting (28-27) e Benfica (28-27), deixou o FC Porto a deixar de depender apenas de si para reconquistar um troféu que venceu por sete vezes nas últimas oito épocas.

Conteúdo publicado por Sportinforma