Andebol feminino

03-06-2017 15:33

Madeira SAD e Colégio de Gaia reeditam final do campeonato na Taça de Portugal

Equipas vão repetir o confronto travado na final da 1.ª Divisão, no domingo, no Pavilhão Multiusos de Fafe.
Andebol Geral
Foto: EHF

Madeira SAD e Colégio de Gaia reeditam final do campeonato na Taça de Portugal

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Madeira SAD e o Colégio de Gaia garantiram hoje a presença na final da Taça de Portugal de andebol feminino e vão repetir o confronto travado na final da 1.ª Divisão, no domingo, no Pavilhão Multiusos de Fafe.

A turma madeirense foi a primeira equipa a qualificar-se para o jogo decisivo, após bater o Alavarium por 24-19, enquanto as gaienses asseguraram a segunda vaga com um triunfo sobre a Assomada, equipa da 2.ª Divisão, por 31-27, que lhe vai permitir lutar pela ‘dobradinha’ nesta época, após se terem sagrado campeãs nacionais com um 3-0 sobre as insulares na final do ‘play-off’, decorrido em maio.

Na primeira meia-final, o Madeira SAD esteve sempre na frente do marcador e, depois de ter chegado ao intervalo a vencer por 12-9, terminou a partida com cinco golos de vantagem sobre a formação de Aveiro, terceira classificada da 1.ª Divisão nesta época, num jogo em que a insular Renata Tavares foi a melhor marcadora, com oito golos.

O Colégio de Gaia confirmou, depois, o favoritismo na outra meia-final perante um adversário que luta, neste momento, para subir ao escalão principal, e chegou ao fim dos primeiros 30 minutos a vencer por 19-10.

A formação de Carnaxide conseguiu reduzir a diferença para quatro golos na segunda parte de um encontro em que Sandra Santiago, das nortenhas, foi a melhor marcadora, com oito golos.

As gaienses, finalistas vencidas da Taça na época passada - perderam 32-31 com o CS Madeira, procuram, no jogo de domingo, agendado para as 14h30, o terceiro troféu do seu palmarés, depois de o terem vencido pela última vez em 1997/98, ao passo que o Madeira SAD vai tentar conquistar de novo o troféu, após a quebra da hegemonia de 17 vitórias consecutivas, entre 1998/99 e 2014/15, no ano passado.

Conteúdo publicado por Sportinforma