Europeus de Atletismo

02-03-2013 09:12

Sara Moreira entra hoje em ação em Gotemburgo

A atleta portuguesa é uma das grandes favoritas na prova dos 3000 metros.
Sara Moreira entra hoje em ação em Gotemburgo

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Sara Moreira começa hoje a sua participação nos Europeus de atletismo de Gotemburgo, esperando um apuramento fácil para a final dos 3.000 metros, distância em que é uma das favoritas.

Vice­-campeã há quatro anos em Turim2009, Sara foi impedida de lutar por melhor em Paris2011, por erro da inscrição, e volta agora novamente com o estatuto de grande candidata a um dos lugares no pódio.

Os mínimos foram facilmente conseguidos, numa corrida sem oposição, e em Gotemburgo aparece como detendora do melhor recorde pessoal entre as 18 inscritas, com 8.44,22.

A corrida, com nove atletas na linha de partida, está marcada para as 11h25 e a Sara basta, para chegar à final, ser uma das quatro primeiras ou fazer um dos restantes quatro melhores tempos, no cruzamento com a outra série.

A segunda série realiza-se às 11h37 e conta com outra portuguesa, Ercília Machado, em estreia internacional em pista coberta. O recorde pessoal de 9.05,87, deste ano, coloca-a como oitava melhor da série e 16.ª no total, pelo que o apuramento só deverá ser possível com uma corrida tática.

No meio-fundo masculino, a aposta lusa é em Hélio Gomes, nos 1.500 metros, uma distância em que surpreendeu no ano passado ao ar livre, com o quarto lugar nos Europeus de Estocolmo, ao ar livre.

Hoje, corre na primeira de três séries, pelas 12h10, com a sétima marca entre os concorrentes. Bom terminador, poderá entrar na luta pelo apuramento, se o ritmo não for muito rápido - se o andamento for mais "rijo", o seu recorde pessoal de 3.43,20 não lhe deve dar grandes hipóteses.

Edi Maia, 16.º em Paris2011, regressa ao concurso do salto com vara, cujas qualificações se prolongam ao longo da manhã. Com 5,64 metros de recorde pessoal, mas apenas 5,50 esta época, tem somente três atletas com pior registo que ele, em 25 inscritos.

Ao longo da jornada estará em ação Tiago Marto, no primeiro dia de heptatlo, competindo em 60 metros, comprimento, peso e altura.

O seu recorde pessoal de 5.805 pontos valeu-lhe um convite da associação europeia de atletismo para uma especialidade em que Mário Aníbal brilhou há uma década, quando chegou a quinto melhor da Europa.

Sem grandes ilusões, Ricardo Monteiro compete às 16h15 nas meias-finais dos 60 metros. Mesmo que melhore um pouco o recorde pessoal de 6,72 segundos, não deverá chegar à final, que encerra o programa de hoje.

O resultado de maior destaque da seleção lusa, até ao momento, é o quinto lugar de Marco Fortes na final do lançamento do peso. Patrícia Mamona, no triplo salto, apurou-se para a final de domingo, com um novo recorde nacional.