Atletismo

12-06-2014 23:27

Sara Moreira com mínimos nos 5 mil metros de Huelva

Grande destaque igualmente para Vera Barbosa, com a sua melhor marca em três anos nos 400 metros barreiras, em 55,62 segundos, a 40 centésimos do seu recorde nacional.
Sara Moreira
Foto: AFP @ADRIAN DENNIS

Sara Moreira em grande nos 5.000 metros de Huelva

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Sara Moreira conseguiu hoje em Huelva, Espanha, mínimos para os Europeus de atletismo nos 5.000 metros, depois de já o ter feito em 10.000 metros há cinco dias, na Macedónia.

A portuguesa concluiu a légua em 15.20,01 minutos, para ser segunda na prova, não muito longe da queniana Janet Kisa, vencedora em 15.17,30, e à frente da espanhola Dolores Checa, terceira em 15.20,93.

Sara Moreira sobe a sétima europeia do ano em 5.000 metros, ela que também está em destaque na lista de 10.000 metros, na qual surge como a quinta melhor continental em 2014.

Grande destaque igualmente para Vera Barbosa, com a sua melhor marca em três anos nos 400 metros barreiras, em 55,62 segundos, a 40 centésimos do seu recorde nacional.

Regressada de lesão esta época, Vera já tinha mínimo B para os Europeus, só que agora faz muito claramente mínimo A, "saltando" para quarta europeia do ano.

A barreirista portuguesa cortou em terceiro, atrás da sul-africana Wenda Theron (54,88 segundos) e da ucraniana Anna Rhyzika.

Na poucas vezes disputada prova de 3.000 metros marcha Ana Cabecinha, segunda, conseguiu um recorde pessoal com 12.17,50 minutos, aproximando-se a pouco mais de nove segundos do recorde nacional de Susana Feitor.

A espanhola Julia Takacs ganhou, com recorde de Espanha, uma prova em que também compareceram as jovens portuguesas Edna Barros (quinta), Catarina Marques (sexta), Carolina Costa (sétima) e Laura Leal (9.ª).

Nos 1.500 metros Hélio Gomes foi 11.º com 3.40,81 minutos, melhor marca lusa do ano e a confirmar mínimos para os Europeus. Na corrida B da mesma distância, Emanuel Rolim foi quarto, com 3.44,29, e João Brás oitavo, com 3.47,13.

Já com mínimos para os Europeus, Diogo Ferreira foi segundo no salto com vara, "limpando" a 5,20 metros para depois derrubar a 5,35, fasquia que só o espanhol Igor Bychkov passou.

Mesmo sem mínimos, Bruno Albuquerque destacou-se nos 5.000 metros, em que foi sétimo, já que os 13.57,69 minutos são a melhor marca lusa do ano. Na mesma corrida Jorge Varela foi 17.º.

David Lima, nos 200 metros, Pedro Ribeiro, nos 3.000 metros obstáculos, e Ricardo Lima, nos 400 metros barreiras, também ficaram aquém do objetivo de conseguir marca para os Europeus de Zurique.

Conteúdo publicado por Sportinforma