Atletismo

31-07-2016 22:54

Presidente da República lamenta morte de "glória do atletismo nacional"

Moniz Pereira morreu este domingo aos 95 anos.
Marcelo Rebelo de Sousa
Foto: JOSE COELHO / LUSA

Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República.

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Presidente da República lamentou este domingo a morte do professor Moniz Pereira, definindo-o como um “homem bom”, com vida de devoção “ao desporto e aos desportistas” e uma “glória do atletismo” em Portugal.

“Foi com muita emoção que o Presidente da República tomou conhecimento do falecimento do professor Moniz Pereira. Era um Homem Bom, que deixa uma vida repleta de bons exemplos, de devoção ao Desporto e aos desportistas, tendo ele próprio sido uma glória do atletismo nacional”, refere um comunicado da presidência enviado à agência Lusa.

“Na véspera dos Jogos Olímpicos, o seu exemplo reforça ainda mais a vontade de todos os desportistas nacionais de se superarem e obterem resultados que o honrem e o recordem como grande motivador do nível que o nosso atletismo e nosso desporto têm atingido”, assinala o texto.

Marcelo Rebelo de Sousa sublinha “que em todos os que, ao longo dos anos, tiveram o privilégio de o conhecer, deixa o tesouro de uma memória calorosa e dedicada”, antes de apresentar “sentidas condolências” à sua família, à Federação Portuguesa de Atletismo e a todos os amigos.

Moniz Pereira, antigo treinador de Carlos Lopes, medalha de ouro em Los Angeles1984, morreu hoje aos 95 anos, anunciou no final da tarde através do Facebook o Sporting Clube de Portugal, que representou como dirigente, treinador e atleta.

Conteúdo publicado por Sportinforma