Atletismo

10-08-2016 23:52

IAAF diz que objetivo é reintegrar a Rússia

O atletismo russo ficou de fora dos Jogos Olímpicos do Rio.
Former IAAF president Diack enabled corruption, WADA report says
Foto: Lusa

A Rússia foi suspensa em novembro de 2015 depois do escândalo de doping

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O presidente da Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) defendeu hoje que “o objetivo deve ser reintegrar a Rússia”, após o escândalo de 'doping' que afastou 67 atletas russos dos Jogos Olímpicos do Rio2016.

“A partir do momento em que tomámos a decisão de suspender a federação russa (FAR), um processo foi posto em marcha. Foram estabelecidos critérios. A prioridade é reintegrar esta federação. O objetivo deve ser reintegrar a Rússia”, declarou Seastien Coe, em conferência de imprensa.

A Rússia, segunda potência mundial do atletismo, atrás dos Estados Unidos, foi suspensa em novembro de 2015 após um ‘demolidor’ relatório independente da AMA, que denunciava um esquema de ‘doping’ generalizado e institucionalizado no país.

Mais de 100 desportistas russos – incluindo toda a equipa de atletismo, com exceção de Darya Klishina – foram excluídos dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, que se disputam até 21 de agosto.

O responsável da IAAF adiantou que não existe ainda “um quadro estabelecido para a reintegração” da federação russa nas competições internacionais de atletismo, cabendo agora à federação russa convencer o grupo de trabalho criado pela IAAF para analisar o assunto.

Em 2017 realizam-se os campeonatos do mundo de atletismo em Londres, sob a égide da IAAF.

Conteúdo publicado por Sportinforma