Atletismo

06-09-2016 15:26

Velocista espanhol Bruno Hortelano 'evolui favoravelmente' à intervenção cirúrgica

O jovem, nascido na Austrália, é recordista de Espanha dos 100 e 200 metros.
Bruno Hortelano em ação nos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro
Foto: EPA/SRDJAN SUKI

Bruno Hortelano em ação nos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro.

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O atleta espanhol Bruno Hortelano, campeão da Europa de 200 metros, que sofreu na segunda-feira um grave acidente de viação, "evolui favoravelmente" à intervenção cirúrgica realizada à mão direita horas após o desastre.

A informação do hospital de Madrid não adianta muitas mais informações sobre o velocista, de 24 anos, acidentado às 07:00 de segunda-feira em despiste de viatura dirigida pelo seu primo.

Os profissionais de saúde que o socorreram na autoestrada, nos arredores da capital espanhola, encontraram uma mão "catastrófica". Foram, no entanto, desmentidos os rumores de eventual necessidade de amputação, tendo sido operado de urgência.

O seu representante revelou que Hortelano "está estável dentro da gravidade", depois do atleta ter fraturado vários ossos da mão e rasgado pelo menos um tendão, além da perda muscular.

"Neste momento está animado, pois pode ver o seu primo, que ia com ele", completou.

Bruno Hortelano proclamou-se campeão da Europa em julho, em Amsterdão, após a desqualificação do holandês Churandy Martina.

Um mês depois, nos Jogos Olímpicos Rio2016, voltou a fazer história para o atletismo espanhol, ao chegar às meias-finais dos 200 metros.

Conteúdo publicado por Sportinforma