Atletismo

29-11-2016 21:42

Nobre apresenta lista para FPA e promete regresso do Diretor Técnico Nacional

O prazo para apresentação de listas na FPA termina na sexta-feira e as eleições realizam-se a 18.
Atletismo
Foto: EPA/YOAN VALAT

Atletismo

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

António de Carvalho Nobre apresentou hoje publicamente a candidatura a presidente da Federação Portuguesa de Atletismo e assumiu "grandes expetativas" de que os associados "entendam que está na hora de fazer melhor e dar um passo em frente".

Falando no Centro de Medicina Desportiva de Lisboa, Nobre divulgou os nomes com que conta para as eleições do próximo dia 18, destacando-se Alexandre Monteiro, Carlos Santos, Raul Carvalho e Paulo Alves como candidatos a vice-presidentes.

Os outros cinco nomes que apreenta para a direção são Sandra Turpin, Cipriano Lucas, Albertina Dias, Carlos Cunha e Manuel Matias.

O primeiro candidato a entrar publicamente na corrida para as eleições da FPA - sendo que o atual presidente, Jorge Vieira, também se deve recandidatar - apresenta ainda como 'trunfos' de primeira o apoio de Fernando Mota, histórico presidente da federação, que se candidata para presidente da Mesa da Assembleia Geral.

Para o Conselho Fiscal o primeiro nome é o de José Barradas, para o Conselho de Justiça Vítor Mangerão, para o Conselho Disciplinar José Barradas e para o Conselho de Arbitragem Damião Freitas.

Nobre fez ainda questão de frisar que conta com o regresso de José Barros, o último diretor técnico nacional (DTN), funções que desempenhou até à posse de Jorge Vieira, que prescindiu daquela figura.

"A Federação não tem andado nada bem, quatro anos sem DTN) foi um retrocesso", acusou, frisando que o regresso à figura do DTN, que será sempre o selecionador nacional, é "uma das medidas principais do programa".

Para António de Carvalho Nobre, que avança após o 'desafio' de 11 associações regionais, para 'uma candidatura de mudança', mais que congregar apoios "o que é importante é construir um programa eleitoral", tendo já ouvido sugestões e contributos de quase todas as associações com direito a voto.

"É necessário criar o futuro com imaginação", apresentar "uma nova arquitetura para cenários concretos e exequiíveis", disse ainda, acrescentando: "não somos de prometer o que não conseguimos alcançar".

O prazo para apresentação de listas na FPA termina na sexta-feira e as eleições realizam-se a 18.

Conteúdo publicado por Sportinforma