Atletismo

26-04-2017 18:59

Pichardo desertou de Cuba para encontrar no Benfica um 'porto de abrigo'

Benfica contratou desertor cubano vice-campeão mundial de triplo salto.
Pedro Pichardo

Pedro Pichardo, atleta cubano

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Pedro Pichardo esteve vários dias em paradeiro desconhecido antes de ter sido apresentado como reforço da secção de atletismo do SL Benfica esta quarta-feira. O atual vice-campeão mundial de triplo salto desertou a 14 de abril de um estágio da seleção cubana, e abandonou a concentração em Estugarda, na Alemanha, quando se preparava para participar nos Mundiais de atletismo de Londres do próximo mês de agosto.

Apesar de ter sido oficializado esta quarta-feira como reforço do Benfica, Pedro Pichardo está agora impedido de representar Cuba em competições internacionais, e terá de representar outro país caso queira atacar a medalha de ouro nos Mundiais de atletismo de Londres.

Depois de conquistar a medalha de prata nos Mundiais de 2013 e 2015 ao serviço de Cuba, Pichardo enfrenta agora sanções pesadas por ter desertado, uma vez que a lei cubana prevê castigos severos a dissidentes políticos tais como a impossibilidade de pisar o solo do país durante oito anos.

Esta não é a primeira que Pedro Pichardo deu sinais de inconformidade com a organização desportiva em Cuba. Em 2014, o vice-campeão de triplo salto foi supenso pela federação cubana de atletismo por recusar-se a trabalhar com um treinador nomeado pelo organismo para acompanhar a sua preparação.

Aos 23 anos, o atleta cubano procura agora relançar a sua carreira ao serviço do Benfica, sendo certo que para participar nas provas internacionais terá de representar outro país para poder alcançar o título de campeão mundial de triplo salto.

Na cerimónia de oficialização de Pichardo como reforço do Benfica, Fernando Tavares, vice-presidente do Benfica para as modalidades, apresentou o clube como um 'porto de abrigo' ao atleta cubano.

"O Benfica será o ‘porto de abrigo’ do Pedro Pichardo nos próximos tempos. O nosso clube é muito procurado por atletas de topo", afirmou o dirigente encarnado.

Já Pichardo garantiu que está em boas condições físicas e que encara este desafio com optimismo.

"Encontro-me em boas condições e espero que tudo me corra bem neste novo desafio da minha carreira. Estou muito contente por representar o Benfica", disse Pichardo.

Conteúdo publicado por Sportinforma