Atletismo

16-05-2017 13:22

Cabo-verdiano conquista ouro nos mundiais de deficiência intelectual

Gracelino Barbosa conquistou a medalha de ouro nos 100 metros.
Dois portugueses em finais de atletismo das Universíadas
Foto: D.R.

Gracelino Barbosa conquistou a medalha de ouro nos 100 metros.

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O atleta paralímpico cabo-verdiano Gracelino Barbosa conquistou hoje a medalha de ouro nos 100 metros dos nos Campeonatos do Mundo de atletismo da Federação Internacional para Atletas com Deficiência Intelectual (INAS), que decorrem em Banguecoque, na Tailândia.

Nesta que é a sua primeira participação nos campeonatos, o atleta cabo-verdiano ficou em primeiro lugar, enquanto um russo e um iraniano ocuparam os outros dois lugares no pódio.

Em declarações à Rádio de Cabo Verde, o atleta disse que não esperava conquistar a medalha, já que o objetivo era ficar entre os três primeiros da disciplina e ganhar ritmo para outras provas.

O atleta acrescentou estar "muito feliz" pela vitória, que classificou com ums "prenda" e uma "dádiva", que o motiva para o que resta da época, que disse não tem corrido da melhor forma.

Prova disso é que foi sozinho à Tailândia, sem um treinador e equipa de apoio.

Gracelino Barbosa vai competir ainda nos 110 e nos 400 metros barreiras, nos campeonatos que decorrem até a próxima sexta-feira.

Em agosto do ano passado, o aleta, natural do Tarrafal de Santiago e residente em Portugal, conquistou a medalha de bronze nos Jogos Paralímpicos Rio2016, a primeira na história do país, na categoria T-20 (deficiente intelectual).

Conteúdo publicado por Sportinforma