Atletismo

19-05-2017 09:49

Agência Mundial Antidopagem admite levantar suspensão à filial da Rússia

A AMA retirou a acreditação à agência russa em novembro de 2015, na sequência do relatório elaborado por Richard McLaren, que revelou um sistema de dopagem alargado na Rússia, com apoio estatal.
Atletismo
Foto: D.R.

Agência Mundial Anti-Dopagem pode levantar suspensão à agência anti-doping russa

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O presidente da Agência Mundial Antidopagem (AMA), Craig Reedir, admitiu na quinta-feira levantar a suspensão da filiada russa RUSADA em breve.

Suspensa desde 2015, devido a um escândalo de doping generalizado no país, a RUSADA poderá retomar os controlos antidoping caso a AMA entenda que a filiada “está a respeitar as condições impostas”.

“Já houve um enorme trabalho feito. A AMA decidirá se [a RUSADA] está a respeitar as condições impostas para retomar os controlos [antidoping]”, disse Craig Reedie numa conferência de imprensa em Montreal, Canadá.

A AMA retirou a acreditação à agência russa em novembro de 2015, na sequência do relatório elaborado por Richard McLaren, que revelou um sistema de dopagem alargado na Rússia, com apoio estatal.

Depois de o Comité Olímpico Internacional (COI) ter colocado a decisão nas federações de modalidade, muitos atletas russos foram impedidos de participar nos Jogos Olímpicos Rio2016.

O Comité Paralímpico Internacional (IPC) foi mais longe e baniu a Rússia dos Jogos Paralímpicos 106, disputados também no Rio de Janeiro.

Conteúdo publicado por Sportinforma