Trail Running

08-06-2017 10:47

Portugal tenta aproximar-se do pódio coletivo no Mundial

Armando Teixeira é o capitão da seleção portuguesa, que integra ainda Hélio Fumo, Ricardo Silva, André Rodrigues, Luís Duarte e Tiago Romão, no setor masculino, e Ester Alves, Fernanda Verde, Sara Brito, Sofia Roquete, Cristina Couceiro, Inês Marques e Raquel Campos, no feminino.
Trail Running
Foto: EPA

Portugal procura ter uma palavra a dizer no Campeonato do Mundo de 'trail running'

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

A seleção portuguesa de ‘trail running’ vai procurar aproximar-se dos pódios coletivos no Mundial, que vai ser disputado no sábado, na região toscana de Badia Prataglia, em Itália, afirmou o selecionador.

“A evolução dos resultados obtidos em 2016 face a 2015 foi tremenda e acredito que fomos uma surpresa para muitos observadores. Para este ano, a ambição tem de ser, naturalmente, melhorar o quinto lugar masculino e o sexto feminino, ou pelo menos igualar esses resultados”, frisou o selecionador luso, José Carlos Santos, à agência Lusa.

O responsável lamentou a ausência de Tiago Aires, que foi o português mais bem classificado na edição de 2016, disputada no Gerês, com o 13.º lugar, realçando ainda a alteração do formato da prova: com 50 quilómetros e três mil metros de desnível positivo acumulado (total de ascensão), depois de, no ano passado, terem sido cinco mil em 85 quilómetros.

“Pode constituir uma incógnita em termos do comportamento dos nossos atletas”, reconheceu José Carlos Santos, realçando a maior aposta na “classificação coletiva do que nos resultados individuais”.

Armando Teixeira é o capitão da seleção portuguesa, que integra ainda Hélio Fumo, Ricardo Silva, André Rodrigues, Luís Duarte e Tiago Romão, no setor masculino, e Ester Alves, Fernanda Verde, Sara Brito, Sofia Roquete, Cristina Couceiro, Inês Marques e Raquel Campos, no feminino.

“A pressão e a responsabilidade são as mesmas: dar o nosso melhor e dignificar Portugal. Tivemos as melhores condições possíveis de preparação, graças ao apoio da Federação Portuguesa de Atletismo e, sobretudo, da Associação de Trail Running de Portugal e dos seus patrocinadores, com estágios que fortaleceram o espírito de grupo e permitiram conhecer o percurso da prova. Em suma, o trabalho de casa foi bem feito para um bom desempenho, embora naturalmente que numa prova como esta há variáveis que não controlamos”, rematou.

A prova do Campeonato do Mundo está marcada para sábado, às 08:00 locais (07:00 em Lisboa), contando com a participação de cerca de 270 atletas.

Conteúdo publicado por Sportinforma