Atletismo

10-06-2017 22:04

Sara Moreira vence prova de 10 mil metros na Taça da Europa

Portuguesa completou a prova em 32.02,57 minutos
Sara Moreira campeã da Europa da meia-maratona em ano de estreia
Foto: FABRICE COFFRINI / AFP

Sara Moreira, atleta lusa

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Sara Moreira triunfou hoje em Minsk na Taça da Europa de 10.000 metros, com a marca de 32.02,57 minutos, que a coloca como terceira europeia mais rápida do ano e qualificada para os Mundiais.

A atleta conseguiu assim, finalmente, um regresso em grande após a dececionante presença no Rio2016, somando o terceiro triunfo individual - depois de 2011 e 2012 - em Taças da Europa (quinto pódio).

Coletivamente, Portugal não conseguiu reconquistar o título, apesar da forte aposta feita, com atletas de primeiro plano. Dois percalços influiram muito no resultado - primeiro, foi Jessica Agusto que não viajou, por lesão, e depois, na corrida, a desistência de Inês Monteiro (já vencedora da competição por duas vezes).

Portugal seria segundo, atrás da campeã Bielorrússia, a pontuar com Sara Moreira, Salomé Rocha (sétima, com 33.10,43) e Daniela Cunha (15.ª com 34.28,81). Susana Godinho, que correu na série B em 34.42,65, já não entrou nas contas por país.

O resultado da equipa é feito pela soma de três tempos (e não a classificação), com Portugal a marcar 1:39.42,81 horas, ficando atrás da Bielorrússia, que somou 1:37.57,32. A terceira equipa foi a Ucrânia (1:41.25,0).

Sara Moreira deixou a dez segundos a bielorrussa Volha Mazuronak (32.13,73). Terceiro lugar para a turca Esma Aydemir (32.41,03), que foi a vencedora no ano passado.

Nos homens, tripla espanhola no pódio, com Antonio Abadia em primeiro (28.31,16), Juan Perez em segundo (28.35,69) e Carlos Mayo em terceiro (28.48.41). A Espanha venceu coletivamente com 1:25.55,26, a Itália foi segunda com 1:27.36,52, e a Ucrânia terceira com 1:29.03,26.

O único representante português, Bruno Albuquerque, desistiu.

Conteúdo publicado por Sportinforma