Afrobasket

28-05-2013 09:55

Lutonda defende trabalho árduo para conquista da prova

A prova vai decorrer em agosto na Costa do Marfim.
Lutonda defende trabalho árduo para conquista da prova

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O antigo base do 1º de Agosto e da selecção nacional de basquetebol Miguel Lutonda disse, segunda-feira, em Ndalatando, Kwanza Norte, que Angola deve preparar-se da melhor forma para ultrapassar as dificuldades no Campeonato Africano das Nações “Afrobasket2013”, a disputar-se de 20 a 31 de Agosto, na Costa do Marfim.

 Segundo a antiga “estrela”, que se encontra em Ndalatando com a sua associação a convite da administração municipal de Cazengo a propósito dos 57 anos da institucionalização da urbe, apesar do cinco nacional estar numa série aparentemente frágil, é necessário uma boa preparação e muita atenção para não ser surpreendido na competição.
 
Depois de assinalar o que foi feito ao longo de 20 anos, em que reconheceu que Angola criou um estilo próprio de basquetebol, defendeu: «Devemos trabalhar mais, porque os adversários estão também a estudar e a preparar-se para este campeonato».
 
Miguel Lutonda disse acreditar na passagem do conjunto angolano a outra fase e daí lutar para a conquista da prova.
 
«Nós, com maior ou menor esforços, vamos passar para a outra fase, mas acredito que nessa etapa, vamos encontrar jogos mais equilibrados e temos que ter em conta este pormenor», declarou.
 
A selecção nacional sénior masculina de basquetebol será convocada no próximo dia 30. No Afrobasket2013, Angola faz parte do grupo C, ao lado das selecções de Cabo Verde, Moçambique e República Centro Africana.

Conteúdo publicado por Sportinforma com Angop