NBA

29-05-2010 15:45

Celtics são os primeiros finalistas

Os Boston Celtics garantiram no sábado a presença na final da Liga Norte-americana de Basquetebol Profissional (NBA), ao venceram os Orlando Magic, por 96-84, fechando a final da Conferência Este com uma vantagem de 4-2.
Celtics são os primeiros finalistas

Por Sapo Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Em busca de um inédito 18.º título, os Celtics deixaram pelo caminho os campeões cessantes do Este e finalistas vencidos do ano passado, avançando para a série decisiva dos "play-offs" pela segunda vez nos últimos três anos.

Paul Pierce, com 31 pontos, 13 ressaltos e cinco assistências, foi a figura central dos Celtics, que ainda não conhecem o adversário. Os campeões Los Angeles Lakers lideram a final da Conferência Oeste perante os Phoenix Suns (3-2) e, se vencerem hoje, haverá uma reedição do confronto decisivo de 2008 e de outros 10 entre 1959 e 1987.

Voltámos a trocar bem a bola, a defender bem, não lhes permitindo lançar de três pontos. Isso foi a chave", afirmou Paul Pierce, que contou a com a surpreendente ajuda do suplente Nate Robinson. Só jogou 13 minutos, mas marcou 13 pontos no segundo período, dando 21 pontos de vantagem a Boston, que foi para o intervalo a ganhar por 55-42.

"Foi genial ver como Nate se convenceu de que confiávamos no seu jogo e demonstrou-o de forma fenomenal em campo", afirmou o treinador dos "verdes", Doc Rivers, sublinhando que "a equipa merecia o triunfo e estar na final".

Uma das grandes armas dos Magic, o lançamento exterior, foi desta vez o seu pesadelo, não só porque acertaram apenas seis em 22 tentados (27 por cento), como os Celtics utilizaram o mesmo expediente com mais eficácia, convertendo 10 em 22 (46 por cento).

Além disso, os Celtics dominaram as tabelas, totalizando 45 ressaltos, contra 35 da equipa da Florida, que falhou demasiado da linha de lance livre (16 em 27), ao contrário do conjunto de Boston (22 em 27).

"Eles foram superiores, acertaram sempre os lançamentos decisivos e nós perdemos a concentração defensiva desde o primeiro período", afirmou Stan Van Gundy, treinador dos Magic.

O poste Dwight Howard não conseguiu, desta vez, empurrar os visitantes para um novo triunfo, mas voltou a mostrar a sua classe individual, com 28 pontos e 12 ressaltos, enquanto Vicen Carter acrescentou 17 pontos e sete ressaltos, sem também quebrar o entusiasmo do lotado Boston Garden, onde os adeptos, antecipando a final com os Lakers, não se cansaram de pedir a desforra de 2008: "Beat LA, beat LA!".