Basquetebol

13-06-2017 21:24

Campeões da NBA querem dar uma 'tampa' a Donald Trump

Golden State Warriors ponderam 'boicotar' visita à Casa Branca.
Jogadores dos Golden State Warriors celebram a conquista do título da NBA em 2017
Foto: EPA/MONICA M. DAVEY

Jogadores dos Golden State Warriors celebram a conquista do título da NBA em 2017.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

A visita dos campeões da NBA à Casa Branca para mostrar o troféu conquistado ao presidente dos Estados Unidos da América pode não acontecer este ano, avança a imprensa norte-americana esta terça-feira.

Os Golden State Warriors conquistaram o seu quinto título de campeões da Liga norte-americana de basquetebol (NBA) esta madrugada, ao vencerem em casa os Cleveland Cavaliers, detentores do cetro, por 129-120, no quinto jogo da final, e logo começaram a surgir rumores de um evental boicote de toda a equipa a Donald Trump.

As notícias de um alegado 'pacto' entre todos os jogadores dos Golden State Warriors para 'boicotar' a habitual visita à Casa Branca começaram a surgir logo após a conquista do quinto título da NBA pela formação de Oakland.

Os rumores começaram a surgir com a informação veiculada pelo analista da CNBC Josh Brown, que na sua conta pessoal do Twitter escreveu: 'Os Warriors, campeões da NBA, vão faltar à visita à Casa Branca depois de uma decisão unânime de toda a equipa".

O clube já reagiu em comunicado a estas informações, para garantir que ainda não foi decidido se os jogadores vão visitar Donald Trump na Casa Branca para a habitual cerimónia de mostrar o troféu ao presidente em exercício.

No entanto, no referido comunicado dos Golden State Warriors é expresso também que o clube não recebeu qualquer convite oficial da Casa Branca e que por isso não há uma decisão tomada.

Recorde-se que recentemente, os New England Patriots, vencedores do SuperBowl, visitaram Donald Trump sem algumas das principais figuras da equipa de futebol norte-americano num claro sinal de protesto à administração do atual presidente dos Estados Unidos.

Conteúdo publicado por Sportinforma