Ciclismo

18-06-2015 19:01

Volta à Suíça rima com Peter Sagan

Sagan juntou-se a duas lendas do ciclismo suíço, Ferdi Kübler e Hugo Koblet, na lista de corredores com mais triunfos na competição criada em 1933.
Peter Sagan
Foto: AFP

ganha Volta à Suíça pela décima vez

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O ciclista eslovaco Peter Sagan (Tinkoff-Saxo) conquistou hoje a sua 11.ª vitória na Volta à Suíça, ao vencer a sexta tirada, tornando-se um dos três recordistas de triunfos da prova.

Ao ser o primeiro no final dos 193,1 quilómetros entre Wil e Bienne, Sagan juntou-se a duas lendas do ciclismo suíço, Ferdi Kübler e Hugo Koblet, na lista de corredores com mais triunfos na competição criada em 1933.

O eslovaco da Tinkoff-Saxo, que já tinha vencido na terceira etapa, bateu o belga Jurgen Roelandts (Lotto-Soudal) e o norueguês Alexander Kristoff (Katusha), com os três a encabeçarem um grupo de cinco ciclistas que cumpriu a tirada em 04:34.43 horas.

Os cortes na meta não retiraram a camisola amarela Thibaut Pinot (FDJ), mas fizeram o francês perder cinco segundos para o segundo classificado, o britânico Geraint Thomas (Sky), que está a 42 segundos.

André Cardoso (Cannondale-Garmin) foi 52.º, a sete segundos de Sagan, e é 36.º na geral a 21.30 minutos, e Mário Costa (Lampre-Merida) perdeu 03.21 minutos na sexta etapa e ocupa a 119.ª posição da classificação, a 01:10.14 horas

Na sexta-feira, disputa-se a sétima etapa, uma ligação de 164,6 quilómetros entre Bienne e Düdingen.

Conteúdo publicado por Sportinforma