Volta a Espanha

26-08-2016 19:53

Quedas continuam na 'ordem do dia' e Contador é sempre vítima

Contador acabou por não perder tempo, nesta sétima etapa, mas na meta eram visíveis nos braços as marcas da queda.
Alberto Contador abandonou no decurso da nona etapa
Foto: EPA/YOAN VALAT

Alberto Contador, ciclista espanhol

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

As quedas continuam a marcar a Volta a Espanha em bicicleta e hoje entre as vítimas esteve, uma vez mais, o espanhol Alberto Contador, chefe de fila da Tinkoff e antigo vencedor da Vuelta e do Tour.

Contador acabou por não perder tempo, nesta sétima etapa, entre Maceda e Puebla de Sanabria, mas na meta eram visíveis nos braços as marcas da queda, em que também esteve envolvido, entre outros, o português José Gonçalves, da Caja Rural.

A tirada parecia destinada a ser ganha pelo espanhol Luis Leon Sanchez, da Astana, ou pelo australiano Simon Clake (Cannondale), que estiveram em fuga até menos de um quilómetro do fim, mas não foi assim e a reação do pelotão permitiu a vitória ao ‘sprint’ do belga Jonas van Genetchen, da IAM.

Com mais 94 ciclistas creditados com as mesmas 3:55.44 horas que Van Genetchen, houve poucas alterações na frente da classificação, mantendo-se o colombiano Darwin Atapuma (BMC) de vermelho, com 24 segundos de avanço sobre o espanhol Alejandro Valverde, da Movistar, e 32 sobre o britânico Chris Froome, da Sky.

Em véspera de uma etapa de montanha, com chegada na duríssima La Camperona, ainda muita coisa está por jogar, já que os colombianos Nairo Quintana (Movistar) e Johan Esteban Chavez (Orica) estão a apenas 38 segundos e são excelentes trepadores.

Três portugueses foram creditados com o mesmo tempo gasto por Van Genetchen: Tiago Machado (Katusha), José Mendes (Bora Argon 18) e José Gonçalves (Caja Rural).

Mário Costa (Lampre) perdeu mais 9.48 minutos e Sérgio Paulinho (Tinkoff) 11.09.

O mais bem classificado dos lusos é José Mendes, que mantém o atraso de 2.51 minutos e segue em 21.º, a melhor posição da Bora Argon 18 até ao momento.

Ainda no top-100, Tiago Machado é o 75.º, a 35.21, José Gonçalves o 81.º, a 38.10. Mais atrasados estão Sérgio Paulinho (atraso de 1:00.00) e Mário Costa (está a 1:08.13).

Conteúdo publicado por Sportinforma