Ciclismo

13-03-2017 17:53

Fernando Gaviria vence sexta etapa do Tirreno-Adriático

Prova continua a ser liderada por Nairo Quintana (Movistar).
Fernando Gaviria vence sexta etapa do Tirreno-Adriático
Foto: EPA/DARIO BELINGHERI

Fernando Gaviria vence sexta etapa do Tirreno-Adriático.

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O ciclista colombiano Fernando Gaviria (Quick-Step Floors) ganhou hoje o duelo entre carismáticos do pelotão, ao bater ao ‘sprint’ o eslovaco Peter Sagan (Bora-hansgrohe) na sexta etapa da Tirreno-Adriático, que continua a ser liderada por Nairo Quintana (Movistar).

Gaviria, de 22 anos, derrotou o experiente bicampeão mundial, no final da ligação de 168 quilómetros entre Ascoli Piceno e Civitanova Marche, para somar o seu quarto triunfo esta temporada, depois das vitórias na Volta a San Juan (2) e na Volta ao Algarve.

O ciclista da Quick-Step Floors, que cumpriu a tirada em 04:09.31 horas, impediu o ‘tri’ do eslovaco, segundo na meta por milímetros, com o belga Jasper Stuyven (Trek-Segafredo) a ser terceiro.

“Cometemos um erro na aproximação ao ‘sprint’, mas, por sorte, consegui retificar. É sempre um desafio competir com Sagan, que demonstrou estar muito forte”, assumiu Gaviria, um dos dois colombianos felizes no final da sexta etapa.

O outro era Nairo Quintana, que a uma jornada do final da 'Corrida dos Dois Mares', se manteve no comando da prova, com 50 segundos de vantagem sobre o segundo classificado, o francês Thibaut Pinot (FDJ), e 01.06 minutos sobre o terceiro, o australiano Rohan Dennis.

O líder da Movistar chegou num grupo a seis segundos do vencedor, no qual também estavam os seus mais diretores perseguidores na geral, incluindo o português Rui Costa (UAE Team Emirates), que manteve a 17.ª posição, a 03.09 minutos do camisola azul.

Para confirmar o seu segundo triunfo na Tirreno-Adriático, após o de 2015, o colombiano tem ‘apenas’ de aguentar-se no contrarrelógio de 10,05 quilómetros de terça-feira, nas ruas de San Benedetto del Tronto.

O ‘crono’ curto e plano não favorece as características do tricampeão nacional Nelson Oliveira (Movistar), que hoje foi 114.º a 02.58 minutos de Gaviria, e na terça-feira vai partir do 76.º lugar da geral, com 36.55 minutos de desvantagem para o seu líder de equipa.

Conteúdo publicado por Sportinforma