Ciclismo

23-03-2017 17:52

Volta à Catalunha: Bouhanni vence 4.ª etapa encurtada pela neve

Ricardo Vilela é o melhor português na geral, na 36.ª posição, a 05.46 minutos do norte-americano da BMC, norte-americano Tejay Van Garderen, líder da prova.
Nacer Bouhanni
Foto: ERIC FEFERBERG / AFP

Nacer Bouhanni

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O ciclista francês Nacer Bouhanni (Cofidis) venceu hoje ao ‘sprint’ a quarta etapa da Volta à Catalunha, encurtada devido à queda de neve.

O ‘sprinter’ francês foi o mais rápido na chegada a Igualada, batendo o italiano Davide Cimolai (FDJ) e o sul-africano Daryl Impey (Orica-Scott), com o camisola branca Tejay Van Garderen (BMC) a chegar no pelotão.

Numa tirada encurtada pela queda de neve – a organização decidiu mudar a partida de Llívia para Montferrer, reduzindo a tirada em 58 quilómetros para 134 -, Bouhanni conquistou o segundo triunfo da temporada, com o tempo de 03:04.27 horas.

No pelotão chegaram também os portugueses José Mendes (Bora-hansgrohe) e Ricardo Vilela (Manzana Postobón), com José Gonçalves (Katusha-Alpecin), que esteve na fuga do dia e foi ‘caçado’ a 20 quilómetros do final, e Nelson Oliveira (Movistar) a cortarem a meta num grupo a 07.10 minutos do vencedor.

O norte-americano Tejay Van Garderen manteve as diferenças na geral, liderando com 41 segundos de vantagem sobre o colega espanhol Samuel Sánchez e 44 sobre o terceiro classificado, o britânico Geraint Thomas (Sky).

Ricardo Vilela é o melhor português na geral, na 36.ª posição, a 05.46 minutos do norte-americano da BMC, sendo seguido por José Mendes, que é 90.º a 24.18 minutos.

Oliveira é 133.º, a 31.17 minutos de Van Garderen, com Gonçalves a ocupar o 146.º posto, a 34.35.

Na sexta-feira, os favoritos têm novo teste, na ligação de 182 quilómetros entre Valls e Lo Port (Tortosa), com a meta a coincidir com uma contagem de categoria especial.

Conteúdo publicado por Sportinforma