Ciclismo

28-05-2017 17:31

Raúl Alarcón conquista GP JN

Daniel Mestre vence segunda etapa consecutiva.
Raúl Alarcón, da W52-FC Porto, vence primeira etapa da Volta Ciclista a Madrid
Foto: EPA/Alberto Morante

Raúl Alarcón, da W52-FC Porto

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O ciclista espanhol Raúl Alarcón (W52-FC Porto) venceu hoje o 27.º Grande Prémio Jornal de Notícias em bicicleta, terminando em segundo a última etapa, em Valongo, vencida por Daniel Mestre (Efapel), que já tinha triunfado no sábado.

O ciclista ‘azul e branco’ confirmou o grande momento de forma, depois de ter vencido a Volta às Astúrias no início do mês, ao terminar com o mesmo tempo de Daniel Mestre, que foi o primeiro a cortar a meta, ao fim de 03:16.59 horas, com João Benta (RP-Boavista) no segundo posto.

João Benta terminou a 20 segundos de Alarcón na geral, enquanto o vencedor da Volta a Portugal em 2016, e também ‘dragão’, Rui Vinhas, ficou a 23 segundos no último lugar do pódio.

Daniel Mestre, que venceu as últimas duas etapas ao mostrar ser o mais forte ao ‘sprint’, terminou no quarto posto, a 29 segundos, com dois ciclistas da W52-FC Porto no quinto e sexto lugar: Amaro Antunes em quinto, a 31 segundos, e António Carvalho em sexto, a 39.

Joni Brandão foi o melhor representante da Sporting-Tavira, a 49 segundos no sétimo posto, com Domingos Gonçalves (RP-Boavista) a um minuto, Jorge Magalhães (Miranda-Mortágua) em nono a 1.02 minutos e Henrique Casimiro (Efapel) a encerrar o ‘top 10’.

Os ‘dragões’ controlaram a etapa durante os 130 quilómetros que atravessaram Valongo, não dando hipótese à fuga de Luís Gomes e David Rodrigues, da RP-Boavista, e Omar Mendoza (Equipo Bolivia), apanhados a 50 quilómetros do fim.

Nos últimos quilómetros, e quando César Fonte (LA Alumínios-Metalusa BlackJack) já tinha confirmado a conquista da camisola de montanha, começou a ‘seleção’ dos mais rápidos, com o ‘sprint’ de Daniel Mestre a bater os restantes.

Raúl Alacón, que somou a sexta vitória na temporada, venceu também a camisola por pontos, confirmando uma demonstração de força da W52-FC Porto: colocou quatro corredores nos 10 primeiros classificados, venceu a geral, a classificação por equipas e uma das classificações secundárias.

A camisola da juventude pertenceu a Jorge Magalhães, enquanto a tabela das metas volantes foi para Márcio Barbosa, corredor da ACDC Trofa.

Conteúdo publicado por Sportinforma