Ciclismo

09-06-2017 16:31

Fuglsang venceu sexta etapa de Dauphiné

Ciclista dinamarquês foi o mais rápido no sprint.
UCI vai investigar acidente causado por duas motos na Volta à Bélgica
Foto: DAVID STOCKMAN / BELGA / AFP

Dauphiné está em marcha

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O ciclista dinamarquês Jakob Fuglsang (Astana) venceu hoje ao ‘sprint’ a sexta etapa da 69.ª edição do Critério do Dauphiné, impondo-se num quarteto ao australiano Richie Porte (BMC), que conquistou a liderança.

Num ‘sprint’ a quatro, foi preciso recorrer ao ‘photo finish’ para perceber que Fuglsang se superiorizou a Porte e ao britânico Christopher Froome (Sky) por margem impercetível, enquanto o italiano Fabio Aru (Astana) chegou mais atrás, mas com o mesmo tempo.

Numa etapa decidida em alta montanha, nos 1.500 metros do Mont du Chat, já perto da meta, em terreno plano, Fuglsang cumpriu os 145,5 quilómetros entre Parc des Oiseaux e Villars-les-Dombes em 3:41.48.Fuglsan

O espanhol Alejandro Valverde (Movistar) perdeu 50 segundos para o quarteto, liderando um trio composto ainda pelo irlandês Daniel Martin (Quick-Step) e o francês Romain Bardet (AG2R), enquanto o espanhol Alberto Contador (Trek–Segafredo) chegou mais atrás, em nono, a 1.06.

Porte lidera agora com 39 segundos de avanço para Froome, 1.15 para Fuglsang, 1.20 para Valverde e 1.24 para Aru, enquanto o anterior líder, o belga Thomas de Gendt (Lotto) caiu para 30.º, a 8.15.

André Cardoso (Trek) foi 27.º, a 4.06, e subiu 22 lugares para 28.º, a 7.33 de Porte, enquanto Tiago Machado (Katusha) foi 122.º, a 18.51, caindo 34 posições para 75.º, a 21.43.

A sétima e penúltima etapa disputa-se no sábado, com os exigentes 167,5 quilómetros entre Aosta e o mítico Alpe d’Huez, a 1.838 metros.

Conteúdo publicado por Sportinforma