Ciclismo

05-07-2017 20:37

Andreas Vangstad é o primeiro líder do Troféu Joaquim Agostinho

A primeira etapa em linha corre-se na quinta-feira, levando a caravana da Adega Cooperativa de S. Mamede da Ventosa até Arruda dos Vinhos, na distância de 140 quilómetros.
Andreas Vangstad é o primeiro líder do Troféu Joaquim Agostinho
Foto: D.R.

A primeira etapa em linha corre-se na quinta-feira, levando a caravana da Adega Cooperativa de S. Mamede da Ventosa até Arruda dos Vinhos, na distância de 140 quilómetros.

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O vice-campeão norueguês de contrarrelógio, Andreas Vangstad (Team Sparebanken Sor), ganhou hoje o prólogo do Troféu Joaquim Agostinho, um exercício individual de oito quilómetros, disputado no Turcifal.

O ciclista norueguês cumpriu o prólogo em 10.23 minuto, a uma média de 46,228 km/h, relegando para a segunda posição o espanhol Gustavo Veloso (W52-FC Porto), que terminou neste lugar os três prólogos do Troféu Joaquim Agostinho já disputados naquela freguesia de Torres Vedras.

O galego, vencedor da Volta a Portugal em 2014 e 2015, gastou mais oito segundos do que Vangstad, com Sérgio Paulinho (Efapel) a ser terceiro, a 17 segundos.

“O início da prova foi duro, com empedrado e alguns topos. Dei-me melhor na fase de estrada larga. O meu desempenho foi bom, mas não foi perfeito, porque preferi não arriscar nas curvas, o que me custou alguns segundos”, explicou o vencedor, citado pela assessoria de imprensa da Federação Portuguesa de Ciclismo.

O triunfo no prólogo colocou Andreas Vangstad na liderança da geral individual, uma posição que o norueguês vai tentar manter.

“Espero lutar pela vitória na geral, mas prefiro pensar num dia de cada vez, porque as etapas são muito duras e esta época já vai muito longa para mim”, confessou o camisola amarela.

Conteúdo publicado por Sportinforma