Ciclismo

11-07-2017 21:23

Froome honrado por igualar os 50 dias de amarelo de Anquetil

Chris Froome (Sky) vestirá, na 11.ª etapa, pela 50.ª vez a camisola amarela da Volta a França.
Chris Froome com apoio de forte Sky na tentativa do 'tetra' na Volta a França
Foto: EPA/ALAIN GROSCLAUDE

Chris Froome com apoio da Sky na tentativa do 'tetra' na Volta a França

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O ciclista britânico Chris Froome (Sky), que na quarta-feira vestirá, na 11.ª etapa, pela 50.ª vez a camisola amarela da Volta a França, assumiu hoje que é uma honra igualar o francês Jacques Anquetil.

“Se conseguir manter [a camisola amarela] até ao final será algo formidável, mas empatar com Anquetil é uma honra imensa”, disse o tricampeão do Tour (2013, 2015 e 2016), depois de completar a 10.ª etapa da 104.ª edição.

Froome, que procura o seu quarto triunfo na prova, algo que o deixaria isolado no segundo lugar dos mais vitoriosos de sempre, está a 10 etapas de igualar o espanhol Miguel Indurain, um objetivo concretizável caso siga na liderança até aos Campos Elísios.

Caso esse cenário se confirme, o ciclista da Sky, de 32 anos, ficaria apenas com dois homens à sua frente: o francês Bernard Hinault, que andou 75 dias de amarelo, e o belga Eddy Merckx, o recordista absoluto, com 96.

Indurain (1991-1995), Hinault (1978, 1979, 1981-1983), Merckx (1969-1972, 1974) e Anquetil (1957, 1961-1964) são os recordistas de vitórias na Volta a França, com cinco triunfos.

Conteúdo publicado por Sportinforma