Volta a Portugal

26-08-2012 09:36

Consagração à vista para o "penta" Blanco

Ciclista espanhol manteve a camisola amarela na penúltima etapa e está perto de fazer história.
Consagração à vista para o

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

David Blanco está a 149,5 quilómetros de entrar hoje para o livro de recordes da Volta a Portugal em bicicleta como pentavencedor da maior prova do calendário português, após a décima e última etapa da 74.ª edição.

O dia está reservado à consagração dos vencedores, que podem aproveitar o percurso entre Sintra e Lisboa para tirarem as fotos da praxe, brindarem entre si e receberem a aclamação dos adeptos, antes de prepararem o último despique dos sprinters.

Na galeria dos campeões estará em destaque David Blanco (Efapel-Glassdrive), o homem que, a partir de hoje, terá desempatado o número de vitórias com o antigo ciclista português Marco Chagas, alcançado o quinto triunfo (2006, 2008, 2009, 2010 e 2012).

Ao seu lado no pódio estará Hugo Sabido (LA-Antarte), que parte para a derradeira tirada com 22 segundos de atraso para o líder, e Rui Sousa (Efapel-Glassdrive), que repete o terceiro posto da edição de 2011, e também o primeiro lugar na geral da montanha, conquistado em 2008.

Com a classificação por equipas entregue à Efapel-Glassdrive e a da juventude ao espanhol David de la Cruz (Caja Rural), falta conhecer o dono final da camisola da classificação por pontos.

O primeiro camisola amarela da 74.ª edição da Volta a Portugal, o sul-africano Reinardt van Rensburg (MTN Qhubeka), é o líder com 83 pontos, mas tem Sérgio Ribeiro (Efapel-Glassdrive), com 66 pontos, à espreita.

Em caso de vitória do sul-africano na meta na Avenida da Liberdade, em Lisboa, “Serginho” será destronado da “regularidade”, prémio que conquistou nas duas últimas edições.

Com partida às 13:10 e chegada prevista para cerca das 17:30, a etapa terá uma contagem de montanha de terceira categoria em Cheleiros (km 36,7) e metas volantes em Pero Pinheiro (km 30,4), Mafra (42,3) e Lisboa, na avenida Fontes Pereira de Melo (km 117,4), após a primeira das seis passagens na meta.