Volta a Portugal

02-08-2016 19:23

LA-Antarte continua em prova mas em protesto

Após a quinta etapa, a 78.ª Volta a Portugal é liderada pelo português Rui Vinhas (W52-FC Porto).
La Antarte
Foto: Lusa

La Antarte

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

A equipa LA-Antarte vai continuar a disputar a 78.ª edição da Volta a Portugal em bicicleta, disse hoje à agência Lusa o diretor desportivo Mário Rocha, um dia depois de ter ponderado abandonar devido à expulsão de Hugo Sancho.

"Nós vamos continuar na corrida, porque não podemos promover uma injustiça para os outros corredores que se prepararam para esta prova por causa de uma injustiça feita ao Hugo Sancho, mas continuamos sob protesto", afirmou Mário Rocha, cuja formação ficou reduzida a sete elementos.

Na terça-feira, o colégio de comissários decidiu expulsar Hugo Sancho, por se agarrar a uma viatura durante a quinta etapa, que iniciou no 22.º lugar, a 6.16 minutos do líder Rui Vinhas (W52-FC Porto), tendo sido ainda multado em 200 francos suíços (cerca de 185 euros).

"O nosso protesto é contra a falta de coragem para expulsar outros corredores que fizeram o mesmo que o Hugo, contra a incompetência, por não terem expulsado o Hugo durante a corrida e tentado negociar o abandono durante a etapa - que eu fiz exigi que acabasse, fora do pelotão mas acabasse - e a falta de profissionalismo", frisou Mário Rocha, considerando inadmissível "a falta de liderança do organismo que rege os comissários em Portugal".

Hugo Sancho concluiu a etapa entre Lamego e Viseu atrás dos carros de apoio, no 27.º lugar, 8.06 minutos depois do vencedor, o espanhol Vicente de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé).

Após a quinta etapa, a 78.ª Volta a Portugal é liderada pelo português Rui Vinhas (W52-FC Porto).

Conteúdo publicado por Sportinforma