Futebol

14-07-2017 16:17

Angola: Libolo em risco na Taça da Confederação

Clube Recreativo do Libolo do Cuanza Sul está em risco de ser afastado dos quartos-de-final da Taça da Confederação.
Libolo em risco na Taça da Confederação
Foto: Alberto Julião

Libolo em risco na Taça da Confederação.

Por SAPO Desporto c/Angop sapodesporto@sapo.pt

O recreativo do Libolo pode estar fora da fase de grupos da Taça da Confederação, após levantamento da suspensão que pesava sobre a Federação de Futebol do Sudão, alegadamente por ingerência do governo na sua gestão.

A Agência France Press (AFP) anunciou quinta-feira o fim da suspensão do Sudão por parte da FIFA, após a reintegração do presidente da instituição, Mutasim Gaafar Sir Eklkhatim.

O órgão reitor do futebol mundial havia penalizado a federação sudanesa no dia 7 de Julho, devido a substituição de Mutasim Gaafar Sir Eklkhatim por Abdel Rahman Elkatim como presidente de direcção, em função de um decreto do secretário de Justiça daquele país.

O facto impedia a selecção do Sudão e clubes sudaneses de disputar partidas internacionais, o que abonava em favor da colectividade angolana.

Em função da decisão da FIFA, o site do Clube Recreativo do Libolo do Cuanza Sul reconhece que a sua equipa poderá estar afastada dos quartos-de-final da Taça da Confederação, mostrando-se, entretanto, reservado em avançar cenários, preferindo esperar pelo comunicado oficial do órgão reitor do futebol em África (CAF).

O Libolo terminou a fase inicial da prova, que apura apenas os dois primeiros classificados à fase seguinte, na terceira posição, com sete pontos. O El Hilal do Sudão é o líder com 10 pontos, os mesmo que o Zesco United da Zâmbia, que venceu os sudaneses na secretaria em face da suspensão. O Smouha do Egipto terminou com seis pontos.

Conteúdo publicado por Sportinforma