Futebol

11-01-2015 17:27

Romeu Filemon "rendido" a Yaya Touré

O selecionador de Angola elogiou o jogador do Manchester City, que conquistou o quarto prémio de melhor jogador africano do ano.
Sele
Foto: PEDRO PARENTE

Romeu Filemon realça o mérito do médio marfinense

Por SAPO Desporto c/ Angop sapodesporto@sapo.pt

O selecionador de futebol de Angola, Romeu Filemon, apontou hoje, em Luanda, o coroar de empenho e dedicação à eleição, pela quarta vez consecutiva, do médio Yaya Touré, da Costa do Marfim, de melhor jogador africano do ano.

Em declarações à Angop, no âmbito da vitória, quinta-feira, atribuída pela Confederação Africana de Futebol (CAF), o técnico dos Palancas Negras referiu que o jogador, além de reunir potencialidades, demonstrou capacidades e boa forma desportiva que lhe permitiram destacar-se dos demais do continente.

“É indiscutivelmente um jogador com grandes potencialidades e que demonstrou estar em boa forma desportiva. Já estava nas minhas previsões que seria o melhor. Por isso, a sua indicação corresponde com as expectativas e é o coroar de empenho e dedicação pessoal. O seu exemplo positivo de trabalho deve ser seguido pelos jovens praticantes angolanos para atingirem níveis altos”, disse.

Touré, de 31 anos, venceu com 175 votos, levando a melhor sobre Pierre Aubameyang, internacional gabonês do Borussia Dortmund, que foi segundo colocado com 120 votos, e Vincent Enyeama, guarda-redes nigeriano do Lille, que ficou no último lugar do pódio com 105 votos.

O médio do Manchester City é o primeiro jogador a ser distinguido quatro vezes seguidas, numa gala que decorreu em Lagos, capital da Nigéria. Samuel Eto’o também foi distinguido por quatro vezes, mas não em anos consecutivos - entre 2003 e 2005 e depois em 2010.

Nesta mesma gala Yacine Brahimi, do FC Porto, foi distinguido como africano mais promissor e a sua seleção, a Argélia, acabou distinguida como a equipa nacional do ano, depois de ter caído nos oitavos-de-final do Mundial’2014, disputado no Brasil. Kheireddine Madoui, do Entente Sétif, da Argélia, foi o treinador do ano.

No ano passado Touré ajudou o Manchester City a conquistar o Campeonato Inglês e a Taça da Liga. Em 2014 também se tornou o segundo médio, após Frank Lampard, a marcar 20 golos numa época na Premier League Inglesa.

No final do ano, o internacional ajudou a sua seleção a garantir o apuramento para a Taça de África das Nações (CAN2015), a realizar-se de 17 deste mês a 8 de fevereiro, na Guiné Equatorial.

A premiação é decidida por meio do voto de treinadores ou diretores técnicos de seleções nacionais do continente "berço da humanidade".

Conteúdo publicado por Sportinforma