Futebol / Angola

12-03-2016 17:07

Assembleia-geral do Benfica do Lubango adiada

O presidente cessante do clube, Sérgio da Cunha Velho, não marcou presença na assembleia-geral.
Cunha Velho
Foto: MORAIS SILVA

Cunha Velho, presidente cessante do Benfica do Lubango.

Por SAPO Desporto c/ Angop sapodesporto@sapo.pt

A assembleia-geral de balanço e de renovação de mandato do Benfica Petróleos do Lubango, marcada para este sábado, foi adiada "sine die", devido à ausência do presidente cessante do clube, Sérgio da Cunha Velho.

O evento permitirá eleger o novo elenco diretivo do Benfica do Lubango, num pleito a que concorrem duas listas, a “A”, liderada pelo vice-presidente, Agostinho João, e a “B”, de Jacques da Conceição.

Em declarações à imprensa, o presidente em exercício da mesa da assembleia-geral do Benfica Petróleos do Lubango, Fernando Filipe, afirmou que o adiamento se deveu a ausência justificada do presidente cessante.

Lembrou que este é o segundo adiamento consecutivo, pois o primeiro deu-se a 26 de fevereiro, por razões de ordem técnica.

O candidato da lista “A”, Francisco Agostinho João, lamentou o adiamento da assembleia, considerando estar o presidente cessante a agir de má-fé, uma vez que os estatutos não se regem por este tipo de justificação.

Já o candidato da lista “B”, Jacques da Conceição, referiu que a situação é preocupante e que aguarda por uma posição da mesa de assembleia-geral.

O Clube Benfica Petróleos do Lubango foi fundado em 27 de fevereiro de 1932. Movimenta as modalidades de futebol, atletismo e basquetebol.

Conteúdo publicado por Sportinforma