Futebol / Angola

27-11-2016 22:22

Interclube conquista Taça Independência

O Interclube venceu o encontro por 3-0 e sagrou-se campeão da prova.
Interclube conquista I edição da Taça Independência
Foto: ANTONIO ESCRIVAO

A competição disputou-se no sistema todos contra todos.

Por SAPO Desporto c/ Angop sapodesporto@sapo.pt

O Interclube surpreendeu este domingo, em Luanda, o Petro de Luanda, na última jornada da primeira edição da Taça Independência ao vencer por 3-0, e sagrou-se campeão da competição que teve início no dia 12 deste mês.

Na partida disputada no 22 de Junho, as duas equipas entraram com a mesma pressão e objetivo, porque a equipa vencedora tornava-se automaticamente campeã da prova que envolveu seis equipas da capital.

Os petrolíferos é que começaram a mandar no jogo com oportunidades de golo na baliza defendida pelo guarda-redes Jota B.

A equipa afeta ao Ministério do Interior começou a reagir e aos 20 minutos Tó Carneiro numa situação de livre na entrada da área de Mig rematou forte, sem dar oportunidade de defesa ao guarda-redes opositor.

Os 'Polícias' continuaram a progredir no ataque. Já os "tricolores" procuravam forma de chegar ao empate, mas a história não mudou e o Interclube saiu em vantagem ao intervalo (1-0).

No reatamento, os donos da casa entraram mais organizados. Aos 48 minutos novamente Tó Carneiro ampliou a vantagem, numa jogada combinada do lado esquerdo, com Bumba e Musa.

A equipa de Roberto Bianchi não cruzou os braços e voltou a construir boas jogadas no ataque, com mérito de Carlinhos Mavambu, Mateus e Mira, mas não conseguiu chegar ao golo.

Na resposta os Polícias foram mais felizardos. Aos 79 minutos, Calebe, que entrou no lugar de Bartolo, fez o terceiro, acabando assim com as inspirações do Petro de Luanda de conquistar a 1ª edição do torneio Independência, em que participaram apenas equipas da capital que atuam no Girabola.

A competição disputou-se no sistema todos contra todos, nos Estádios 22 de Junho e Coqueiros, com a participação do Interclube, Progresso do Sambizanga, Benfica de Luanda, Petro de Luanda, ASA e 1º de Agosto.

O torneio é uma homenagem à data da autodeterminação dos angolanos, que ocorreu a 11 de novembro de 1975.

Conteúdo publicado por Sportinforma