Portugal- Suécia

14-03-2017 19:02

Presidente do Marítimo garante que os Barreiros está pronto para a seleção

Carlos Pereira reiterou que está tudo a ser tratado.
Carlos Pereira refor
Foto: DR

Carlos Pereira, Presidente do Marítimo

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O presidente do Marítimo, Carlos Pereira, disse hoje que o Estádio dos 'verde rubros' está pronto para receber a seleção portuguesa de futebol no encontro particular com a Suécia, a 28 de março.

"Está tudo tratado da melhor forma, com muito empenho, muita dedicação, muito profissionalismo e deixa-nos muito satisfeitos o trabalho que tem sido desenvolvido ao longo deste tempo", afirmou aos jornalistas, à margem da apresentação da equipa de motocrosse do Marítimo.

Os bilhetes para o jogo nos Barreiros, com lotação para 10.600 espetadores, foram todos vendidos em menos de 24 horas, o que não surpreendeu Carlos Pereira, que lembrou a realidade madeirense.

"São contingências de estarmos numa região autónoma, com uma capacidade do estádio limitada, mas limitada à nossa dimensão", referiu.

O presidente do Marítimo aproveitou também para salientar três nomes que foram decisivos para que a seleção portuguesa voltasse a jogar na Madeira, ao fim de 16 anos.

"Uma palavra muito especial para o Fernando Santos e o Fernando Gomes, que foram os grandes impulsionadores da vinda da seleção para a região, bem como aquele compromisso entre a Federação e o Cristiano Ronaldo, que queria jogar na Madeira", mencionou, com esperança de que CR7 possa jogar para que os madeirenses possam ver ao vivo "o filho da terra".

Além de Cristiano Ronaldo, Carlos Pereira falou em Danilo Pereira, Pepe, Danny e Fernando Santos, todos ex-jogadores do Marítimo, que espera igualmente ver a 28 de março.

O jogo entre Portugal e Suécia na Madeira é motivo de "grande alegria" para a região, disse Carlos Pereira, e vai marcar mais uma "página na história do Marítimo".

Conteúdo publicado por Sportinforma