Internacional

16-08-2016 17:45

Blatter: "Havelange tornou o futebol uma linguagem universal"

O suíço Joseph Blatter, que foi sucessor de João Havelange à frente da FIFA e o seu secretário-geral naquele organismo, disse hoje que o brasileiro tornou o futebol “uma linguagem universal”.
Joseph Blatter

Filme conta com a participação do actor francês Gérard Depardieu

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Blatter, suspenso por seis anos e acusado de corrupção, comentou assim a morte de João Havelange, aos 100 anos, vítima de uma infeção generalizada decorrente de uma infeção pulmonar que o levou ao internamento em julho.

“Ele tinha uma ideia na cabeça, tornar o futebol um jogo global, com a frase ‘o futebol é uma linguagem universal’, e teve sucesso”, referiu em comunicado Blatter, que esteve à frente da FIFA entre 1998 e 2015.

O suíço chegou, aliás, à FIFA pela mão de Havelange, em 1975, com o objetivo de desenvolver a Federação Internacional, a qual empregava algumas dezenas de pessoas e hoje tem mais de 400 funcionários.

“O futebol tem para com ele uma dívida de gratidão e agradeço-lhe ter-me confiado a realização desta iniciativa”, justificou Blatter, forçado a renunciar à presidência da FIFA em 2015, no âmbito do escândalo que envolve vários dirigentes do futebol mundial.

Conteúdo publicado por Sportinforma