Acidente/Chapecoense

29-11-2016 16:42

Liga portuguesa de futebol decreta um minuto de silêncio

Entre os seis sobreviventes, constam três futebolistas da equipa brasileira, que ia disputar a primeira mão da final da Taça Sul-Americana.
Liga Portuguesa de Futebol Profissional
Foto: SAPO Desporto

Liga Portuguesa de Futebol Profissional

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) decretou “um minuto de silêncio em todos os jogos” a realizar entre hoje e 05 de dezembro, na sequência do acidente que vitimou, na Colômbia, a equipa de futebol brasileira Chapecoense.

Em comunicado, a Liga explica que tomou esta posição como “pesar pelas vítimas mortais do trágico acidente ocorrido hoje de madrugada, na Colômbia, com a equipa brasileira Associação Chapecoense de Futebol”.

Um avião que transportava 81 pessoas, entre as quais a equipa brasileira de futebol da Chapecoense, caiu na madrugada de hoje na Colômbia, perto de Medellin, provocando 75 mortos.

Entre os seis sobreviventes, constam três futebolistas da equipa brasileira, que ia disputar a primeira mão da final da Taça Sul-Americana, com os colombianos do Atletico Nacional, em Medellín.

Em comunicado, o aeroporto de Medellín refere que o avião, com matrícula da Bolívia, "declarou-se em emergência" às 22:00 locais (03:00 em Lisboa) "por falhas técnicas", de acordo com a transmissão feita para a torre de controlo.

O avião tinha saído do aeroporto Viru Viru, de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, onde aparentemente tinha realizado uma escala técnica.

Conteúdo publicado por Sportinforma