Acidente/Chapecoense

29-11-2016 17:54

Sindicato dos jogadores envia condolências à Chapecoense

No avião seguiam nove tripulantes e 72 passageiros, entre os quais a equipa de futebol, técnicos e dirigentes, bem como um grupo de jornalistas.
O presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol, Joaquim Evangelista.
Foto: Lusa

O presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol, Joaquim Evangelista.

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) enviou hoje uma mensagem de condolências à Chapecoense e as famílias dos jogadores que perderam a vida num acidente de avião que ocorreu em Medellín, na Colômbia.

“São poucas as palavras para expressar o significado desta tragédia. O mundo do desporto e do futebol, em particular, está de luto. O SJPF não pode ficar indiferente ao drama por que passam os familiares das vítimas desta tragédia, manifestando total solidariedade neste momento de dor. Em meu nome pessoal e de todos os jogadores, envio um abraço do tamanho do nosso futebol”, lamentou o presidente do organismo, Joaquim Evangelista.

A direção do SJPF endereçou igualmente “as mais sentidas condolências” à Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (FENAPAF) e ao Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado de Santa Catarina (SAPFESC).

No avião seguiam nove tripulantes e 72 passageiros, entre os quais a equipa de futebol, técnicos e dirigentes, bem como um grupo de jornalistas, numa viagem em que o avião fez escala na Bolívia e despenhou-se antes de chegar a Medellín, na Colômbia.

A aeronave transportava a delegação da equipa brasileira, que iria jogar a primeira mão da final da Taça Sul Americana com os colombianos do Atlético Nacional, em Medellín.

O guarda-redes Jackson Follmann, o lateral Alan Ruschel, o defesa central Helio Zampier Neto, o jornalista Rafael Henzel e dois membros da tripulação foram retirados com vida dos destroços do avião que caiu a cerca de 50 quilómetros de Medellín.

Conteúdo publicado por Sportinforma