Acidente/Colômbia

29-11-2016 18:15

UEFA oferece apoio a familiares e expressa solidariedade na tragédia

Na aeronave estavam 81 pessoas, das quais terão sobrevivido seis, três jogadores, dois tripulantes e um jornalista.
Destroços do avição que transportava a comitiva da Chapecoense

Destroços do avição que transportava a comitiva da Chapecoense

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

A UEFA demonstrou hoje choque e tristeza face ao acidente aéreo perto de Medellín, no avião em que seguia a equipa da Chapecoense, que disputaria a primeira mão da final da Taça Sul-americana de futebol.

“A UEFA estende o mais profundo apoio aos familiares das vítimas e quer também expressar solidariedade com o clube Chapecoense, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a Confederação sul-americana (CONMEBOL)”, referiu o organismo num comunicado.

No avião, que se despenhou na madrugada de hoje em Cerro Gordo, Colômbia, seguiam 22 futebolistas da Chapecoense, 28 dirigentes, membros da equipa técnica e convidados, 22 jornalistas e nove tripulantes.

Na aeronave estavam 81 pessoas, das quais terão sobrevivido seis, três jogadores, dois tripulantes e um jornalista.

Entre os seis sobreviventes, constam três futebolistas da equipa brasileira, que ia disputar a primeira mão da final da Taça Sul-Americana, com os colombianos do Atlético Nacional, em Medellín.

Conteúdo publicado por Sportinforma