Acidente Chapecoense

29-11-2016 12:14

Brasil decreta três dias de luto

Acidente de avião vitimou praticamente toda a equipa da Chapecoense.
Michel Temer
Foto: Jornal Econ

Presidente brasileiro

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Governo do Brasil decretou esta terça-feira luto de três dias pela queda de um avião que transportava a equipa do Chapecoense que viajava para Medellín, na Colômbia, para disputar um jogo de futebol.

O Governo colombiano informou que seis pessoas sobreviveram, quatro jogadores, um jornalista e uma tripulante do avião, ao desastre que aconteceu perto do aeroporto internacional de Medellín.

O aparelho fazia um voo 'charter' com 81 pessoas a bordo, incluindo a equipa do Chapecoense, que ia disputar a primeira mão da final da Taça Sul-Americana com os colombianos do Atlético Nacional.

O Presidente do Brasil, Michel Temer, usou as redes sociais para informar que usará todos os meios disponíveis para auxiliar os familiares dos jogadores da Chapecoense e outros passageiros que morrerem hoje no acidente aéreo.

"Estamos colocando todos meios para auxiliar familiares e dar toda a assistência possível. A Aeronáutica e o Itamaraty já foram acionados. O Governo fará todo o possível para aliviar a dor dos amigos e familiares do desporto e do jornalismo nacional", escreveu no Twitter.

"Nesta hora triste que a tragédia se abate sobre dezenas de famílias brasileiras, expresso minha solidariedade", escreveu ainda o Presidente brasileiro.

Conteúdo publicado por Sportinforma