Acidente/Colômbia

29-11-2016 17:39

Cristiano Ronaldo 'chocado' com a tragédia do Chapecoense

Capitão de Portugal reagiu à tragédia nas redes sociais.
Cristiano Ronaldo reage durante o jogo entre Real Madrid e Eibar
Foto: EPA/EMILIO NARANJO

Capitão de Portugal reagiu à tragédia de Medellín nas redes sociais.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O internacional português do Real Madrid reagiu com emoção à tragédia do Chapecoense e enviou as condolência a todas as famílias e amigos de todas as vítimas mortais na sequência da queda a cerca de 50 quilómetros de Medellín de um avião que transportava 71 pessoas, incluíndo o emblema brasileiro.

"Chocado com a tragédia que aconteceu ao @ChapecoenseReal. Solidário com as famílias e amigos de todas as vítimas. Um abraço para o clube e para todo o futebol brasileiro", escreveu Cristiano Ronaldo na sua conta pessoal do Facebook.

A equipa da Chapecoense iria jogar a primeira mão da final da Taça Sul Americana com os colombianos do Atlético Nacional, em Medellín, na quarta-feira.

No avião seguiam nove tripulantes e 72 passageiros, entre os quais a equipa de futebol, técnicos e dirigentes, bem como um grupo de jornalistas, numa viagem em que o avião fez escala na Bolívia e despenhou-se antes de chegar a Medellín, na Colômbia.

O guarda-redes Jackson Follmann, o lateral Alan Ruschel, o defesa central Helio Zampier Neto, o jornalista Rafael Henzel e dois membros da tripulação foram retirados com vida dos destroços do avião que caiu a cerca de 50 quilómetros de Medellín.

Entreanto, o Atlético Nacional anunciou que convidou a CONMEBOL a entregar o troféu da Taça Sul-Americana de futebol à Chapecoense, acedendo ao pedido dos seus jogadores, após o acidente de avião em que viajava a equipa brasileira.

Conteúdo publicado por Sportinforma