Acidente Chapecoense

29-11-2016 08:50

Marcelo Boeck não estava no avião

Avião que transportava a equipa Chapecoense caiu perto de Medellín, Colômbia.
Marcelo Boeck
Foto: SAPO Desporto

Marcelo Boeck

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Um avião da companhia Lamia que transportava 72 pessoas e 9 tripulantes, incluindo a equipa brasileira da Chapecoense caiu na madrugada desta terça-feira perto do aeroporto internacional de Medellín, Colômbia.

Marcelo Boeck, guarda-redes emprestado pelo Sporting à formação brasileira, não se encontrava no avião.

De acordo com o seu empresário à rádio TSF, António Araújo, o jogador havia pedido dispensa: "Marcelo Boeck não viajou porque tinha pedido dispensa para o efeito. Foi um alívio para ele e infelicidade para todos os outros. É uma tristeza para o futebol".

O guarda-redes tinha festejado esta segunda-feira o seu aniversário.

Conteúdo publicado por Sportinforma