Acidente/Colômbia

30-11-2016 12:24

Ministros do Brasil em homenagem às vitimas na Colômbia

O incidente, uma das maiores tragédias aéreas que atingiu representações desportivas, também chocou o mundo do futebol e provocou manifestações de solidariedade por parte de Governos e organizações internacionais.
Chapecoense
Foto: Agencia Lusa

Chapecoense.

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

Dois ministros irão representar o Brasil na homenagem realizada esta quarta-feira na cidade colombiana de Medellín às vítimas do acidente de avião fretado pelo clube de futebol Chapecoense, que fez 71 mortos e seis feridos.

O governo brasileiro afirmou em comunicado que o ato póstumo ao acidente ocorrido na madrugada de terça-feira na Colômbia contará com a presença dos ministros das Relações Exteriores, José Serra, e da Cultura, Roberto Freire.

Ambos irão fazer uma escala em Medellín em sua viagem de regresso de Havana, onde representaram o Brasil no funeral do ex-líder cubano Fidel Castro.

A homenagem, organizada pelo presidente da Câmara de Medellín, Federico Gutiérrez Zuluaga, será realizada no estádio Atanasio Girardot, onde a Chapecoense iria jogar o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional da Colômbia. Decorrerá à mesma hora em que o clube iria jogar sua a primeira final de um torneio internacional.

O acidente aéreo ocorreu a poucos quilómetros de Medellín e causou comoção no Brasil, já que 48 dos ocupantes da aeronave eram jogadores de futebol, funcionários, convidados da Chapecoense, jornalistas e comentadores desportivos.

Conteúdo publicado por Sportinforma