Scolari

26-03-2017 23:45

"O que iria fazer no Brasil como treinador? Só confusão na minha vida"

O antigo selecionador de Portugal garantiu que não está nos seus planos qualquer regresso ao Brasil.
Entrevista ao antigo selecionador nacional Luiz Felipe Scolari
Foto: PAULO RASCÃO/MADREMEDIA

Entrevista com o treinador dos chineses do Guangzhou Evergrande.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Luiz Felipe Scolari descarta qualquer regresso ao Brasil para trabalhar nos clubes. O treinador do Guangzhou Evergrande, da China deu uma entrevista à ´ESPN Brasil` onde falou do seu futuro.

"Estou no Brasil e escreveram que eu viajei porque estou de saída da China, que vou reformar-me, que estou doente. O presidente do clube mandou-me mensagens, ficou preocupado. Não é nada disso. Tenho família, filhos e, por isso, viajei", justificou o treinador, de 68 anos.

O antigo selecionador de Portugal garantiu que não está nos seus planos qualquer regresso ao Brasil.

"Agora, pelo que é que eu iria lutar no Brasil como treinador? O que acrescentaria ao meu currículo? Confusão na minha vida", frisou Scolari. O técnico afirmou que pretende ficar mais dois anos no futebol chinês, antes de regressar à Europa.

Conteúdo publicado por Sportinforma