Futebol

20-07-2013 09:25

Governo reage com satisfação à vitória na FIFA

A decisão no protesto contra a Guiné Equatorial deixou os Tubarões Azuis com hipóteses de ainda chegar ao Mundial 2014, no Brasil.
Governo reage com satisfação à vitória na FIFA

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O Governo reagiu hoje com «enorme satisfação» à decisão da FIFA em atribuir a vitória (3-0) a Cabo Verde no jogo realizado a 7 de Março, frente à Guiné Equatorial, de qualificação para o mundial de futebol Brasil’2014.

Esta vitória, na “secretária”, quando em campo Cabo Verde perdera por 4-3, tendo protestado o jogo na altura, face a irregularidades na seleção adversária, é vista pelo porta-voz do Conselho de Ministros, Jorge Tolentino, como uma «grande oportunidade» para colocar a seleção crioula, de novo, numa posição privilegiada para, em Tunis, garantir a passagem à próxima etapa.

Jorge Tolentino, que chefiou a caravana cabo-verdiana na histórica deslocação a Yaoundé, que ditou o apuramento inédito de Cabo Verde para o CAN’2013, afirmou que, mais que uma grande notícia para Cabo Verde, simboliza um desafio para a «capacidade de organização e preparação para este jogo perante a Tunísia».

Isto porque o Comité Disciplinar da FIFA puniu hoje a Federação Guiné-Equatoriana de Futebol pela utilização do atacante Emilio Nsue López, sem autorização para enfrentar Cabo Verde em partida das eliminatórias e ditou a vitória 3-0 para a seleção crioula.

A federação da Guiné Equatorial também foi multada em 30 mil francos suíços por violação ao parágrafo primeiro do artigo 55 do Código Disciplinar da FIFA e ao artigo oitavo do Regulamento da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014.

Com a conquista destes três pontos, Cabo Verde reforça a segunda posição do Grupo B com nove pontos em cinco jogos e ameaça o líder, a Tunísia, com 11 pontos.

As restantes seleções do Grupo, Serra Leoa, cinco pontos e Guiné Equatorial, agora com dois, não têm hipóteses de chegar ao Mundial.

Tunísia e Cabo Verde vão jogar, em Setembro, o apuramento direto para o Mundial Brasil 2014, em jogo da sexta e última jornada da fase de grupo, em Túnis.

Conteúdo publicado por Sportinforma com Inforpress