Euro2016

06-07-2016 20:49

Tudo a zeros ao intervalo

A Seleção Nacional dominou a primeira parte, mas não conseguiu criar ocasiões claras de golo.
Ronaldo em ação frente ao País de Gales
Foto: LUSA

Ronaldo em ação frente ao País de Gales

Por João Paulo Godinho, em Lyon sapodesporto@sapo.pt

A primeira parte da meia-final do Euro2016 entre Portugal e País de Gales chegou ao fim com o marcador em 0-0.

Num jogo em Lyon onde se destaca a titularidade de Raphael Guerreiro e Bruno Alves na defesa portuguesa, a Seleção não foi capaz ainda de desmontar a organização galesa.

Portugal até entrou melhor no encontro e Ronaldo e João Mário criaram rapidamente algum perigo junto da baliza de Hennessey. No entanto, após os primeiros 15 minutos, o País de Gales reequilibrou o encontro, muito por culpa de Gareth Bale. A estrela galesa surgiu fulgurante nesta fase e começou a criar dificuldades aos defesas lusos.

No entanto, os avisos de Bale chegaram para colocar Portugal em sentido, que voltou a assumir mais o controlo do jogo, embora sem rasgos de inspiração ou ocasiões claras de golo.

Assim, o nulo chegou ao intervalo sem surpresas, adivinhando-se dificuldades para se verem golos neste segundo tempo, caso nada mude nas duas seleções.

Conteúdo publicado por Sportinforma