Girabola'2013

10-01-2013 13:16

Desportivo da Huíla reforça-se com dez jogadores cedidos pelo 1º de Agosto

Para Esta temporada o clube vai trabalhar com um plantel de 27 jogadores.
Desportivo da Huíla reforça-se com dez jogadores cedidos pelo 1º de Agosto

Por SAPO c/ Angop sapodesporto@sapo.pt

A direção do Desportivo da Huíla reforçou a sua equipa principal com 10 atletas cedidos pelo 1º de Agosto, tendo em vista a sua participação no campeonato nacional de futebol da primeira divisão, o Girabola 2013.

A informação foi dada esta quinta-feira, pelo diretor geral do clube, Carlos Manuel, afirmando tratar-se dos avançados Bena, Orlando, Banda e Girese, dos defesas e Chiwe (central), Kumaca (lateral direito), Sidney (lateral direito), Ali e Lito (trincos) e do médio Celso Barros.

O responsável do clube da Huíla avançou também que para além destes jogadores, a direção do Clube militar da Região Sul vai contar ainda com os préstimos do ponta-de-lança, Chiquinho (ASA) e o angolano Carlos Zuzi que se formou na escola do TP Mazembe do Congo Democrático, assim como defesa central Dudú (Ex-Bravos do Maquis).

O clube vai receber ainda no plantel dois jogadores da equipa de juniores que ascenderam à categoria de seniores.

Apesar de todas estas entradas para o palntel, Carlos Manuel disse que a direção pretende ainda contratar mais dois jogadores por forma a completar o lote pretendido, mas não avançou quais são os setores a reforçar.

Carlos Manuel explicou que a intenção é ter um plantel a altura da competição, no sentido de evitar complicações de falta de qualidade do plantel durante o campeonato.

«Com estes jogadores cedidos pelo 1º de Agosto, acredito que equipa poderá fazer um campeonato tranquilo e cumprir com os objetivos primários, que passam por manter a equipa na primeira divisão e chegar o mais longe possível na Taça de Angola», realçou o dirigente desportivo 

Carlos Manuel, sem citar nomes de atletas dispensados, adiantou que a direção prevê rescindir contratos com 13 atletas que evoluíram no clube durante a segunda divisão.

O diretor geral do CDH disse que nesta sexta-feira serão realizados os testes médicos e na segunda-feira próxima abrem as oficinas.

Para segunda fase, que inicia a 4 de fevereiro, que se incidirá nos aspetos táticos, o responsável disse que a direção e a equipa técnica pretendem realizar estágios em Luanda, Benguela e República da Namíbia, intenções ainda condicionadas a regularização da situação financeira. Para Esta temporada o clube vai trabalhar com um plantel de 27 jogadores.