Futebol/Angola

03-05-2017 16:17

Girabola Zap tem seis candidatos ao título

Na presente temporada, os candidados à conquista do Girabola são seis: o actual líder Sagrada Esperança, seguido pelo 1.º de Agosto, Kabuscorp, Petro, Libolo e Interclube.
Sagrada Esperança
Foto: ANGOP

Na presente temporada, os candidados à conquista do Girabola são seis: o actual líder Sagrada Esperança, seguido pelo 1.º de Agosto, Kabuscorp, Petro, Libolo e Interclube.

Por Pereira Francisco sapodesporto@sapo.pt

Os mesmos lutam pelo troféu para receber o prémio de 34.400.000.00 Kwanzas, bem como participar nas próximas Afrotaças, prova onde compete o campeão nacional e o vencedor da Taça de Angola.

Nesta época 2017, os candidados do Girabola Zap aumentaram de três para seis, trata-se do actual líder, Sagrada, seguido pelo 1.º de Agosto, Kabuscorp, Petro, Libolo e Interclube.

Recorda-se que nas últimas edições do campeonato, até a 15. Jornada, registava-se apenas um a dois principais candidatos ao título, num total de 16 equipas com objectivos diferentes.

Já nesta edição, ainda há previsões de candidaturas na segunda volta, em Junho próximo, uma vez que os pequenos também estão a surpreender os grandes dentro e fora de casa.

Entretanto, a competição tem 30 jornadas, pois disputa-se 15 na primeira volta e igual número na segunda. Até ao momento, já foram disputadas 12, apesar de que o Libolo é o único com dois jogos em atraso devido a participação nas Afrotaças.

No entanto, os seis candidatos ao título que discutem o topo da classificação, são os que mais investem no Girabola Zap.

Por este motivo, com aqueles milhões garantidos pela patrocinadora oficial da prova, os candidatos dormem, sonham e acordam com pesadelos, devido os adversários que lutam pela manutenção.

Saiba que ao longo da época, os clubes gastam mais dinheiro do que o prémio do campeonato. Num jogo em casa gasta-se cerca de 1000.000.00 de Kwanzas para a equipa de arbitragem, além de outras despesas, incluindo os prémios de jogo para o plantel.

Conteúdo publicado por Sportinforma