Girabola

07-05-2017 09:42

1º de Agosto é líder à condição depois da vitória sobre o Progresso Lunda Sul

Dois golos na parte final do encontro resultou na vitória do 1º de Agosto.
1º de Agosto estreia-se com vitória no Girabola2017
Foto: Lucas Neto/Angop

1º de Agosto venceu o Progresso da Lunda Sul por 2-1

Por SAPO Desporto c/ Angop sapodesporto@sapo.pt

O 1º de Agosto, campeão em título, venceu este sábado o Progresso da Lunda Sul por 2-1, em jogo referente à 13ª jornada do Girabola2017 e ascendeu, à condição, à liderança do campeonato com 30 pontos.

Num jogo em que a equipa da casa dominou até aos 80 minutos, mostrando mais intenção para vencer, os “militares” produziram poucos lances de perigo.

O primeiro golo da partida aconteceu aos oito minutos. Cabibi fez um remate fora da área, obrigando o guarda-redes "agostino" Julião à uma defesa incompleta e Herve Ndonga na recarga colocou o Progresso da Lunda Sul em vantagem.

O 1º de Agosto respondeu aos dez minutos, com Bobó a rematar forte, mas o guarda-redes Wilson defendeu, cedendo o primeiro canto da partida.

Daí em diante, as duas equipas procuravam superioridade no meio-campo, através do controlo da bola e saídas rápidas para o ataque, tornando o jogo mais fechado. Porém, a intensidade e qualidade técnica continuava e as equipas foram para o intervalo com o placar a registar 1-0 a favor dos "lundas".

No reatamento, o Progresso voltou a dominar, criando inúmeras oportunidades de golo, mas os seus atacantes pecavam na finalização, o que deixava os adeptos “irritados”.

Aos 60 minutos, Leonel, dentro da área, rematou para a defesa fácil do guarda-redes Julião, disperdiçando mais uma oportunidade dos donos da casa.

O 1º de Agosto despertou aos 85 minutos, quando Rambé aproveitou um cruzamento e de cabeça igualou a partida.

O golo da vitória aconteceu aos 88', por intermédio de Vado, que recebeu um passe de Nelson na ala direita do seu ataque e tocou de cabeça sem dar hipótese de defesa a Wilson.

Os “lundas” ainda tiveram ocasiões de golo nos minutos finais, mas os “militares” defendiam com determinação, anulando todas as jogadas. Quando faltavam dois minutos para o fim do jogo, o 1º de Agosto apenas procurou conservar o resultado, ao colocar as bolas para fora do recinto e fazendo jogadas de contenção.

Conteúdo publicado por Sportinforma