Futebol/Angola

21-05-2017 18:29

Petro encerra primeira volta com goleada sobre 1º de Maio

Equipa angolana venceu por 4-1 no Girabola.
Petro de Luanda - 1º de Agosto

Petro de Luanda venceu no encerramento da primeira volta

Por SAPO Desporto c/Angop sapodesporto@sapo.pt

O Petro de Luanda goleou o 1º de Maio de Benguela, por 4-1, no encerramento da primeira volta do Girabola, mas terá de aguardar pelo desfecho do jogo entre o Kabuscorp do Palanca e o 1º de Agosto para terminar em primeiro lugar na tabela classificativa.

O Petro entrou para o relvado como favorito, face aos objetivos traçados nesta competição, começou o jogo balanceado para o ataque remetendo os benguelenses para o seu meio campo.

O 1º de Maio quase surpreendeu a baliza de Gerson com um contra-ataque rápido, aproveitando uma desatenção dos jogadores do Petro quando tentavam trocar a bola próximo do grande círculo. O avançado da equipa visitante rematou, mas o esférico foi desviado para o canto pelo guarda-redes anfitrião. Aos 43 minutos, o Petro adiantou-se no marcador, com auto-golo de Oliveira que foi pressionado pelo brasileiro Tiago Azulão.

Depois do descanso, o 1º de Maio operou de imediato duas substituições colocando em campo Maria Pia e Alex para os lugares de Brazuca e Edu com o pensamento virado para o empate. No entanto, foi o Petro que ampliou o resultado para 2-0, aos 52 minutos, por Carlinhos, de um toque ligeiro, na sequência de um cruzamento de Manguxi do lado direito.

Aos 71 minutos a equipa que viajou da cidade das ‘’Acácias Rubras’’ reduziu a desvantagem por intermédio de Kaporal, de um livre perto da grande área batendo com naturalidade o guarda-redes Gerson.

Aos 84 minutos, o juiz José Maxia assinalou uma grande penalidade contra o 1º de Maio alegando que um defesa teria cortado a bola com a mão. O brasileiro Tiago Azulão concretizou com êxito o castigo máximo, aos 85’.

Tiago Azulão, já no quarto minuto do período de compensação, rematou forte sem dar hipótese de defesa ao guarda-redes Fani, fazendo 4-1 para a sua equipa e o seu segundo tento na partida.

Conteúdo publicado por Sportinforma