Girabola

16-06-2017 18:52

Kabuscorp quer evitar erros da primeira volta e alcançar o título

A falta de concentração, discernimento e acutilância foram hoje apontados como os graves erros cometidos pelos jogadores do Kabuscorp na primeira volta do Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão.
Kabuscorp do Palanca
Foto: LUCAS NETO

Kabuscorp do Palanca

Por SAPO Desporto c/Angop sapodesporto@sapo.pt

A falta de concentração, discernimento e acutilância foram hoje apontados como os graves erros cometidos pelos jogadores do Kabuscorp na primeira volta do Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão (GirabolaZap 2017), situação que pretendem inverter nesta segunda etapa da prova para conseguiram os propósitos do clube, que passam pela conquista da competição.

De acordo com o técnico-adjunto dos palanquinos, Quim Manuel, em declarações à Angop, no final do último treino no Lubango, onde a equipa esteve a cumprir um estágio de aproximadamente 12 dias, as várias falhas levaram a uma derrota e cinco empates inesperados, mas ainda assim não biliscaram os seus objectivos, uma vez estarem apenas a dois pontos do líder.

Diante dos objectivos que o clube tem a cumprir, garantiu estarem a trabalhar para que sejam alcançados com base num trabalho com cautelas e muita responsabilidade, factores que estão a ser incutidos aos jogadores.

Para a segunda volta, de acordo com o técnico, o plantel será o mesmo, na sua maioria, contando apenas com o reforço de um defesa central, vindo do Congo Democrático, cujo nome não revelou.

Relativamente ao jogo deste sábado, diante da Académica do Lobito, para 16ª jornada do GirabolaZap, considerou bastante “difícil”, visto que o adversário se encontra numa posição incómoda na tabela de classificação e vai tentar os três pontos ou mesmo o empate.

A formação do Palanca é a terceira classificada do campeonato nacional de futebol, com 32 pontos. O Petro de Luanda é líder, com 34.

Conteúdo publicado por Sportinforma