Futebol

24-02-2012 12:06

Moçambicanos passam a usar marca portuguesa Lacatoni

A Lacatoni foi fundada em 1986 em Braga e tem como um dos sócios fundadores o treinador de futebol português Carlos Carvalhal.
Moçambicanos passam a usar marca portuguesa Lacatoni

Por Sapo Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

As seleções moçambicanas e sete equipas da primeira divisão de futebol do país vão utilizar nos próximos quatro anos equipamento desportivo da marca portuguesa Lacatoni, disse hoje à Lusa António Soares, sócio-fundador da firma portuguesa.

No âmbito de protocolos assinados esta semana em Maputo, a seleção principal de futebol de Moçambique, vulgo "mambas" e as seleções de formação vão vestir Lacatoni a partir dos próximos jogos até 2016, de acordo com António Soares.

«A camisola original dos "mambas" terá uma imagem e coleção exclusiva, para conservar a sua identidade e gerar o afeto e autoestima necessários a uma equipa desportiva. Tivemos também a preocupação de fazer um logótipo em marca de água na própria camisola, para não haver a possibilidade de contrafação», assinalou o empresário.

Segundo a fonte, sete equipas da primeira divisão de futebol de Moçambique, vulgo "Moçambola", também vão equipar-se com roupa da Lacatoni, podendo acontecer o mesmo com outras modalidades, caso as negociações em curso sejam positivas.

«A ideia é fazer o mesmo projeto, com os mesmos valores e princípios com que a marca atua em Portugal e na Europa, onde já tem um peso significativo no mercado», enfatizou António Soares.

Além de vestir os "mambas", a Lacatoni acordou com a Federação Moçambicana de Futebol o desenvolvimento do projeto de comercialização dos artigos usados pelas seleções de futebol, para garantir que estas tirem proveito da utilização da marca.

António Soares disse ainda que estão previstas ações de formação e estágios em Portugal de agentes desportivos moçambicanos, no âmbito dos protocolos de cooperação assinados esta semana.

A curto e médio prazo, a Lacatoni poderá instalar em Moçambique uma fábrica de produção de equipamentos desportivos, para o mercado local e da África Austral.