Escócia

24-04-2012 07:14

Presidente do Rangers banido

O emblema de Glasgow está agora proibido de contratar jogadores por um ano, devido ao desrespeito pelos regulamentos de Craig Whyte.
Presidente do Rangers banido

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O presidente do Glasgow Rangers, Craig Whyte, foi afastado de qualquer atividade no futebol escocês, enquanto o clube, com administração judicial desde fevereiro, fica proibido de contratar jogadores por um ano, anunciou a federação escocesa na sexta-feira.

Com graves problemas financeiros, o Rangers foi colocado sob administração judicial a 14 de fevereiro e perdeu o campeonato para o rival Celtic.

Uma comissão judiciária da federação escocesa (SFA) reuniu-se na sexta-feira, sem a presença de Craig Whyte, mas só no domingo à noite comunicou a sua decisão, em que se conclui pela culpa de cinco acusações, nomeadamente o desrespeito dos regulamentos da SFA sobre o teste de aptidão da pessoa destinada a dirigir o clube.

O Rangers vai pagar 160 mil libras de multa (196 mil euros) e Whyte arrisca um castigo de 200 mil libras (245 mil euros).

O ainda campeão escocês espera por outro lado uma decisão em processo fiscal que lhe poderá custar até 75 milhões de libras (91 milhões de euros).